Arte & Literatura

Newton Lima apresenta seu projeto MaxHaus e dá dicas úteis sobre como compor um ambiente respeitando os limites do seu bolso

"Um sofá mais caro naturalmente terá uma durabilidade maior, assim como uma mesa em jacarandá tem seu valor agregado em comparação a outro modelo fabricado a partir de madeiras de reflorestamento. Nossa reflexão não gira em torno dos valores, mas dos critérios na escolha com base nas prioridades", afirma nosso colunista de design, arquitetura e decoração. Vem ler!

Publicado em 2 de maio de 2017 | Por Junior de Paula

Destaques: Luminária “Poppy” da Serien Lighting e Poltrona “Jangada” de Jean Gillon. Ilustração de Claudia Liz

 

Nem 8, nem 80…

* Por Newton Lima (@newtonlimaofficial)
www.newtonlimainteriores.com.br

Um dos grandes dilemas na hora de decorar um ambiente ainda é lidar com a expectativa inspirada pelas revistas e vitrines das lojas e a realidade no bolso de cada um. Nesse momento, a criatividade desempenha um papel fundamental: de fato seria muito mais fácil entrar em uma loja, escolher o mobiliário e adornos e aguardar a entrega. A grande sacada está na seleção das peças principais e coadjuvantes. Um sofá mais caro naturalmente terá uma durabilidade maior, assim como uma mesa em jacarandá tem seu valor agregado em comparação a outro modelo fabricado a partir de madeiras de reflorestamento. Nossa reflexão não gira em torno dos valores, mas dos critérios na escolha com base nas prioridades.

Projeto MaxHaus: Luminária “Poppy”, da Serien Lighting / Vaso de vidro sobre pedestal / Banco do designer Philippe Starck / Banco do arquiteto Índio da Costa

Projeto MaxHaus

Para ilustrar o tema da nossa coluna “High & Low”, selecionei meu projeto no edifício MaxHaus no bairro do Alto da Boa Vista em São Paulo. O termo, de origem alemã, permeia um conceito arquitetônico exclusivo em prédios espalhados pelo mundo todo: fachada industrial, elevadores panorâmicos e concreto aparente dentre outros diferenciais. Para conhecer melhor a estrutura, sugiro acesso ao site www.maxhaus.com.br . Os apartamentos possuem em média 70m2 sem divisórias – um ambiente único integra as funções de hall, estar, jantar, quarto, cozinha e lavanderia, onde janelas amplas permitem passagem de luz natural.

Projeto MaxHaus – vista para salas de estar e jantar a partir do hall interno / Foto: Paulo Brenta

No intuito de manter as características do prédio e atender as necessidades do cliente, alguns ajustes e premissas foram assumidas:

– Parede de drywall para delimitar o quarto, prezando pela área íntima que requer iluminação diferenciada;

– O uso de cimento queimado no chão e placas de concreto no teto reforçam o conceito cosmopolita da fachada externa do prédio;

– Valorizando a vista que se tem dos janelões, as cortinas foram abolidas dos ambientes de estar e jantar. Venezianas externas do próprio edifício controlam a incidência de luz direta.

Projeto MaxHaus – vista para salas de estar e hall interno a partir do ambiente de jantar / Foto: Paulo Brenta

A atmosfera masculina foi valorizada nesse projeto: poucas peças grandes remetem ao estilo minimalista, ao passo que os revestimentos de parede, adornos e quadros asseguram um toque de arte e sofisticação.

Projeto MaxHaus – vista para salas de jantar e quarto a partir do ambiente de estar / Foto: Paulo Brenta

Como e o que devo priorizar?

Finalizada a fase da obra com paredes, divisórias, pintura e revestimentos, chega o momento de selecionar o mobiliário. A ansiedade de ver tudo pronto é muito grande, mas respeitar algumas etapas fará muita diferença no resultado final do projeto, onde algumas dicas podem ser úteis:

– Elabore uma lista de itens que precisam ser comprados com seus respectivos valores e prazos de entrega. Na mesma lista, inclua os que serão reaproveitados, com indicação de reformas quando for o caso;

– Ordene as ações dessa lista a partir dos prazos de entrega, e inicie as buscas;

– Sofá, estante/rack, mesa de jantar com cadeiras, aparador e cama devem ser os primeiros itens adquiridos por se tratarem de peças maiores e estratégicas. A partir delas, peças menores poderão ser escolhidas com assertividade;

– Assim sendo, evite comprar objetos, quadros, tapetes, mesas laterais e luminárias sem antes ter recebido os itens maiores – é importante que eles já estejam posicionados para que o dimensionamento e quantidade dos itens menores possam ser definidos sem chance de errar.

Projeto MaxHaus – Poltrona “Jangada” do designer Jean Gillon na sala de estar / Foto: Paulo Brenta

Critérios na escolha das peças

Como em qualquer outra ação que envolva investimento financeiro, planejar é a alma do negócio. Ter um orçamento pré-definido para diferentes fases de um projeto é de fundamental importância para evitar frustações no resultado da entrega da obra. Mais dicas:

– É melhor ficar sem um poltrona na sala por um tempo do que comprar um móvel que não seja aquele que você almeja como definitivo para o espaço. Aguarde, economize, e então arremate aquela poltrona de design assinado dos seus sonhos;

– Misture épocas e padrões, afinal sua casa não é um “showroom” onde tudo deve combinar. Essa ousadia ampliará as possibilidades e fará com que você consiga mesclar itens caros e baratos sem prejuízo algum no conjunto final;

– Tente não replicar a vitrine ou mostruário de lojas na sua casa. Elas estão ali como mera fonte de inspiração. O estilo de cada um é único, e toda casa deve contar a história do seu morador. Não existe “bonito ou feio”, mas o que é importante para você;

Projeto MaxHaus – Quadros de Claudia Liz e cama da TokStok no quarto / Foto: Paulo Brenta

– Gravuras e fotografias assinadas cumprem muito bem a representação do seu artista favorito. Avalie essa possibilidade;

– Revestir seu sofá e assento das cadeiras com um tecido de qualidade pode te surpreender;

Projeto MaxHaus – Poltrona de Sergio Rodrigues compõe com escrivaninha da TokStok / Foto: Paulo Brenta

– Dê uma nova função aos móveis e objetos que estavam em outro espaço: a mesinha lateral pode ser um bar; as bandejas podem ser penduradas na parede. Um conjunto de banquetas e pufes aplicados como mesa de centro; jarros acomodam flores… uma infinidade de possibilidades!

– Estamos em um período de contenção de despesas, e os lojistas sabem disso. Negociar é uma rotina que independe de valor ou classe social: os parcelamentos são possíveis, mas os pagamentos à vista sempre serão mais vantajosos.

Por hoje ficamos por aqui! Aproveito e convido vocês para visitarem o meu site que está com uma série de novos projetos – www.newtonlimainteriores.com.br

Projeto MaxHaus – Tapeçaria de Norberto Nicola (1941), da Passado Composto Século XX

Até a próxima!

Leia Mais: O Site HT tem a honra de apresentar o designer de interiores e nosso novo colunista Newton Lima, que, toda segunda-feira, vai falar de arquitetura, design e decoração 

Leia Mais: Newton Lima fala sobre pequenos detalhes que fazem toda a diferença na sua casa. “Na contramão das teorias, as mudanças vêm de fora pra dentro”

Leia Mais: Em sua coluna semanal sobre design, arquitetura e decoração Newton Lima explica: “Design: a concepção de um produto no que se refere a sua forma física e funcionalidade”

Leia Mais: Newton Lima, nosso colunista cool de design, arquitetura e decoração, entra no clima do Natal e dá dicas sensacionais de presentes e de como montar a árvore. 

Leia Mais: Em sua coluna de design, decoração e arquitetura, Newton Lima dá dicas de como escolher o tapete ideal e sobre a funcionalidade dos ambientes

Leia Mais: Newton Lima em sua coluna de design, decoração e arquitetura no site HT dá dicas infalíveis para criar a iluminação correta de um ambiente

Leia Mais: Newton Lima fala sobre a importância dos quadros em um projeto de decoração: “A Arte não tem preço, e o valor de uma obra é você quem dá”

Leia Mais: Newton Lima dá dicas de como escolher a cor certa para a sua casa: “Elas podem ser tanto sensual e passional quanto calmante e de meditacão”

Leia Mais: Em sua última coluna de 2016, junta o universo dos quartos infantis às raízes do artesanato brasileiro

Leia Mais: Newton Lima mostra os bastidores e os profissionais responsáveis por mais um passo importante em sua trajetória: o lançamento de seu novo site

Leia Mais: Newton Lima facilita o trabalho de quem pode optar pelo home office e apresenta as melhores opções de como montar o escritório perfeito

Leia Mais: Newton Lima investiga a arte com toques geométricos e poéticos de Antonio Bokel e os móveis com pinceladas modernistas e cubistas da “,OVO”

Leia Mais: Nosso colunista de design, decoração e arquitetura, Newton Lima ensina a arte de preparar uma mesa impecável para receber em casa

Leia Mais: Em sua coluna de design, arquitetura e decoração, Newton Lima conversa com a artista plástica Katia Wille

*Formado em administração de empresas e com MBA em gestão de Negócios, o designer de interiores, realizador e cenógrafo se reinventou recentemente, quando abriu a Newton Lima Interiores e viu seu nome crescer. Nas redes sociais ele já soma mais milhares de seguidores no Instagram (@newtonlimaofficial), por conta da sua curadoria de imagens e assuntos, fruto de seu olhar atento e muito criterioso. E é isso que podemos esperar em sua coluna semanal no site HT: o design brasileiro e do mundo, arquitetura, decoração e o que mais couber e vier do seu radar ligado 24 horas por dia

Pesquisas relacionadas