Viagem & Gastronomia

Conceito aberto com foco no público jovem serve de base para repaginação da rede Golden Tulip

Nova identidade visual da marca pretende modernizar as filiais trazendo elementos descontraídos como bicicletas decorativas e comida feita por food truck

Publicado em 28 de abril de 2017 | Por Ana Clara Xavier

O que é bom sempre pode ficar melhor. Exemplificando esse dito popular, a rede Golden Tulip vai passar por uma renovação dos conceitos e da identidade visual da marca. O hotel se estabelece na categoria quatro estrelas e pretende mudar a identidade visual de 190 unidades. O lobby será repaginado, baseado no design clean, no qual o espaço passa a ser mais aberto. Cada filial passará a ter uma loja exclusiva para cuidados com o corpo. Além disso, bicicletas com dois bancos estarão disponível para todos que quiserem conhecer a cidade a dois e, ainda, estas farão parte da decoração trazendo um aspecto descontraído. O melhor de tudo, os famosos food truck venderão produtos exclusivos e pensados para cada hotel.

(Foto: Divulgação)

O objetivo é dar uma cara mais criativa e moderna os hotéis. “Tecnologia e ascensão das mídias sociais mudaram as expectativas do viajante moderno, que cada vez mais preferem espaços abertos, dinâmicos e sociais. O rebranding tem como objetivo refletir e responder a essas tendências, trazendo uma visão distintamente moderna que complementa a experiência de longa data do Golden Tulip, contribuindo com a marca e tornando-a única entre a concorrência”, explica Amine E. Moukarzel, presidente do Louve Hotels Group para o Oriente Médio e África do Norte.

A mudança se baseia no conceito bleisure que, semanticamente, junta as palavras negócio com lazer, em inglês. A proposta é suprir as necessidades dos hóspedes que viajam com esses dois últimos objetivos. O público-alvo são os jovens de 16 a 35 anos ou o que chamam de geração Millenial. Esses clientes buscam uma vivencia do espaço diferenciada da oferecida pelos estabelecimentos, hoje em dia. É necessário haver uma integração de serviços para que, mesmo a experiência a trabalho seja prazerosa.

(Foto: Divulgação)

Segundo o Tomás Ramos, embaixador Golden Tulip para a América Latina e diretor de marketing e vendas da BHG, operadora que detém a marca no Brasil, os millenials são o principal público que se hospeda na franquia. “São pessoas conectadas que querem facilidade, interação com as marcas e entretenimento associado ao mundo dos negócios, aproveitando para transformar uma viagem motivada por uma reunião em lazer. São os viajantes bleisure, que conjugam o business ao leisure, ou seja, negócios a lazer. O Golden Tulip fez uma leitura perfeita desse público e traduziu esse entendimento no projeto de renovação da marca e de todos os ambientes, como lobby, quartos e salas de reuniões e conferências”, conta.

(Foto: Divulgação)

Atualmente, a rede francesa possui dezesseis hotéis espalhados pelo país. Localizados nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Pará, Ceará, Mato Grosso, Pernambuco, Bahia, Espírito Santo, Goiania, Rio Grande do Norte e no Distrito Federal, a Golden Tulip promete trazer mais sofisticação para a vivencia de seus hóspedes.

Pesquisas relacionadas