Viagem & Gastronomia

Abrindo o calendário cultural, Rio Othon Palace oferece opções de shows de Bossa Nova e Jazz: “A ideia é ter música de qualidade para todos”, afirma diretor Bruno Heleno

A rede de hotéis Othon apresenta o projeto Othon Bossa Jazz e Muito Mais com shows de vários artistas renomados. A ideia é incentivar o público nacional e internacional a escutar e apreciar um estilo clássico que é sinônimo de brasilidade. Os músicos Nico Rezende, Pedro Quental e o grupo Conexão Rio com Patricia Mellodi e Vinicius Cantuária irão cantar no foyer

Publicado em 11 de Janeiro de 2018 | Por Ana Clara Xavier

Imagina terminar um sábado de sol e praia em um show de Bossa Jazz. Não existe cenário mais carioca, não é mesmo? Foi pensando nisso que o Rio Othon Palace resolveu começar o ano de 2018 sediando o ‘Othon Bossa Jazz e Muito Mais’. Às margens da Praia de Copacabana, o projeto musical vai reunir, a partir do dia 13, artistas como Nico Rezende, Pedro Quental e o grupo Conexão Rio com Patricia Mellodi e Vinicius Cantuária. “Esta iniciativa nasce dentro do Othon Music Night. Em 2017, a gente já começou este festival trazendo sempre atrações importantes e significativas para que possamos oferecer música de qualidade tanto aos nossos hóspedes como para os cariocas, visando convidá-los para uma viagem musical em pleno hotel. Procuramos uma estrutura de classe para pode associá-la à Rede Othon. Começamos a fazer isso com projetos gastronômicos e, agora, estamos apostando no lado musical”, contou Bruno Heleno, diretor comercial e de marketing da Rede Othon.

Bruno Heleno é o diretor comercial e de marketing da Rede Othon (Foto: DIvulgação)

A escolha do estilo musical foi lógica: a Bossa Nova e o Jazz possuem um apelo cultural muito grande no exterior e acaba sendo uma referência de brasilidade. Sem contar que existe uma carência de casas no Rio de Janeiro que toquem estes estilos musicais. “Acredito que quanto mais oferta houver de casas de Bossa e Jazz, no Rio de Janeiro, mais procura teremos de pessoas dispostas a escutar este som”, completou Bruno, idealizador do projeto.

As apresentações ocorrerão aos sábados de janeiro no primeiro andar do hotel a partir das 22h. A novidade possui a curadoria de André Cechinel, Fernando Clark e Reinaldo Figueiredo, que já produziram mais de mil shows, desde 2011, assistidos por mais de 30 mil pessoas. “Acredito que é uma iniciativa muito interessante para a rede por abrir um leque de opções para os hóspedes e cariocas. É um projeto incrível e encontramos o lugar certo”, explicou Fernando Clark, produtor e curador do evento. O produtor, curador e artista irá se apresentar em todos os dias do evento. “Resolvi colocar três trabalhos que produzo, porque são bandas que acredito. Além disso, fechamos a parceria em dezembro e por isso achamos mais fácil colocarmos pessoas que já conhecemos. Vamos parar para o carnaval e, na volta, teremos outros músicos”, explicou.

Nico Rezende é cantor e pianista. O artista será o primeiro a se apresentar na noite de sábado (Foto: Divulgação)

Nico Rezende é cantor e pianista. O artista será o primeiro a se apresentar na noite de sábado (Foto: Divulgação)

A iniciativa compõe uma série de apostas da Rede Othon em projetos que incrementam a programação de entretenimento. As novidades vão desde eventos gastronômicos, como a feijoada de Carnaval até festivais como o Mexicano e o de Inverno. Tudo isso para valorizar a arte brasileira e as produções nacionais. “Temos aberto as portas de nossos hotéis para uma agenda cultural única que agrade a cariocas e estrangeiros e, em 2018 não será diferente. O Raro Skybar, por exemplo, às quintas-feiras, movimenta as unidades do Rio e de Belo Horizonte, proporcionando ao público uma noite animada, regada a música com DJs renomados. Estamos atraindo pessoas que vão aos hotéis em busca de novas opções de lazer”, afirmou Bruno Heleno.

A série de shows começa, no dia 13 de janeiro, com Nico Rezende, que já tocou teclado na banda do cantor Ritchie e já assinou arranjos de discos de Marina Lima, Gal Costa, Roberto Carlos, Lulu Santos, Beto Guedes e Simone. O artista selecionou alguns clássicos do cantor e trompetista, Chet Baker. No repertório estão canções como, “Time After Time”, “My Funny Valentine” e “There Will Never Be Another You”. Ao lado dele, estarão os músicos Guilherme Dias Gomes, André Tandeta, Alex Rocha e Fernando Clark.

Depois de Nico Rezende, o intérprete do Monobloco, Pedro Quental, será o próximo nome da lista, no dia 20. A trilha sonora será uma homenagem ao pianista, cantor e compositor americano, Ray Charles, que foi pioneiro no estilo diferenciado do blues sulista. O músico já foi integrante de um dos grupos de destaques do blues no Brasil, o Blues Etc. Para acompanhar a melodia dele, subirão ao palco Pedro Augusto, Rodrigo Scofield, Igor Araújo e Fernando Clark.

Para fechar as apresentações, o Grupo Conexão Rio, que conta com André Cechinel, Fernando Barroso e Fernando Clark, vai convidar a cantora Patrícia Mellodi e o artista Vinicius Cantuária. Esta reunião de talentos irá apresentar um show que vai relembrar sucessos da música de Tom Jobim, Vinicius de Morais, Baden Powell, Roberto Menescal e Marcos Valle. O grupo de artistas irá subir ao palco do foyer do Othon Palace no dia 27 de janeiro.

 

SERVIÇO

Othon Bossa Jazz e Muito Mais

Local: Rio Othon Palace (Av. Atlântica, 3264, Copacabana, Foyer – 1º andar). 

Data: 13, 20 e 27 de janeiro de 2018

Horário: 22h

Ingressos: R$60 (bilheteria no local) 

Informações e reservas: 21. 98122.8049 ou 21. 2106.1640

Classificação: 18 anos ​

Capacidade: 100 pessoas 

Cardápio com saborosos pratos

Pesquisas relacionadas