Cinema & TV

Substituindo Claudia Leitte, a sexta edição do The Voice Brasil traz Ivete Sangalo, grávida, para o corpo técnico

O site HT foi à coletiva de imprensa do programa e descobriu quais são os novos quadros e como está a animação dos jurados

Publicado em 14 de setembro de 2017 | Por Ana Clara Xavier

A sexta edição do The Voice Brasil já chegou dando o que falar com a participação da rainha do Brasil e mamãe do ano Ivete Sangalo. Na coletiva de imprensa que rolou terça-feira nos Estúdios Globo, os técnicos tradicionais como Carlinhos Brown, Lulu Santos e Michel Teló chegaram a fazer um bolão junto com os apresentadores Mariana Rios e Tiago Leifert para adivinhar qual seria a primeira pergunta que foi, obviamente, sobre a gestação da cantora que espera a chegada dos gêmeos. A revelação oficial aconteceu minutos antes da entrevista, já que ela queria ter o prazer que contar aos fãs. “Nós somos artistas e nossa vida é pública, mas temos o poder de escolha para apreciar certas coisas do privado. Contar para os meus fãs que estou esperando dois bebês é um dos melhores sabores que podemos ter. Não falei antes porque tudo tem o seu tempo”, afirmou e logo completou sobre a emoção de estar esperando um filho novamente do marido, Daniel Cady: “Para mim a maternidade significa força, era algo que eu e minha família queríamos há muito tempo. Nunca pensei em, obrigatoriamente, ter muitos filhos, meu filho Marcelo é um menino maravilhoso e me preenche por completo, mas já que aconteceu recebo muito bem isto, afinal, ele mesmo queria isto. Ele disse que fui fazer o irmão em Saint-Tropez, na França, e ficou cobrando um teste para confirmar a gravidez. Me impressionei com a felicidade das pessoas, estou emocionada”.

Ivete está grávida de gêmeos (Foto: AGNEWS)

A notícia animou todos os companheiros de programa e também os deixou preocupados, principalmente, por Ivete ter chegado em bando, como brincou Lulu Santos. O The Voice, afinal, é um show no qual cada um dos jurados monta seu time podendo ter sido o professor por trás do grande vencedor. Michel Teló, por exemplo, é o único bicampeão do grupo já tendo levado o troféu a dois candidatos. “Por mais estratégias que nós tenhamos, observando o time adversário e vendo como ele joga, sempre terá uma nova carta na manga. Michel sempre busca uma associação com o candidato que quer, já disse que o pai tinha sido transferido para várias cidades e que já tinha feito show no local. Neste jogo de sedução, até mesmo nós somos envolvidos por este canto de sereia”, brinca Ivete. O cantor rebateu a brincadeira e afirmou: “Não é fácil convencer uma pessoa a me escolher quando se pode ter Carlinhos Brown, Ivete e Lulu Santos”.

A coletiva de ontem foi repleta de brincadeiras e risadas entre a equipe (Foto: AGNEWS)

Este ano o campeonato de talentos está um pouco diferente, com direito a quatorze episódios e novos quadros. “Somos uma equipe grande e experiente. A cada temporada buscamos sentir o que está acontecendo para melhorar e aperfeiçoar na próxima. Não existe nada sistemático”, afirmou o diretor artístico Creso Macedo. Ao todo serão seis capítulos com as audições às cegas na qual os jurados selecionam doze pessoas para ficar em seu time. “Não existe uma categoria do que queremos ou não em um participante. Escolhemos baseados no que sentimos da música, independente do estilo que ele cante. Unindo isto com a afinação, o ritmo e que nos pareça ser um provável vencedor. A galera que já subiu no palco tem um talento absurdo, até porque existe uma pré-seleção, ou seja, são grandes cantores. É um desafio para nós não escolher todo mundo que passa e administrar a quantidade de pessoas no time”, garantiu Michel Teló. Para Brown, cada escolha é pensada para que os candidatos formem uma composição musical juntos. “A partir disso, nos dedicamos para que todos fiquem afinados”, afirmou.

Carlinhos Brown promete muitas músicas nos próximos meses: “Nem a mídia vai ter tempo de divulgar tudo” (Foto: AGNEWS)

Nesta fase do programa, os candidatos poderão contar com a assistência da apresentadora Mariana Rios. As gravações já começaram e a atriz afirmou que está sempre tentando ajudar a turma a enfrentar o palco por ter acabado de viver uma experiência muito parecida no PopStar, finalizado neste domingo. “No ano passado, a minha relação era completamente diferente, mesmo que eu tentasse ser a melhor pessoa possível para eles. Depois de passar pelo processo do PopStar, a conversa mudou, sinto como se eu fosse parte deles, posso conversar de igual para igual. Para mim, isto foi um aprendizado e um crescimento muito grande. Me sinto mais preparada para esta nova fase do programa para ajudar quem está chegando”, contou a musa que provou para o Brasil inteiro sua qualidade musical.

Depois da temporada participando do PopStar, Mariana volta ao palco do The Voice como apresentadora (Foto: AGNEWS)

Os próximos três dias de exibição serão do quadro Tira-teima, onde quatro vozes cantam sendo duas eliminadas e duas seguindo adiante. Nesta etapa, o técnico confirma se realmente gostou do grupo que formou. Apesar de ser uma competição, Carlinhos Brown, Ivete Sangalo, Lulu Santos e Michel Teló não se consideram jurados que visam eliminar alguém. “A condição de julgar é terrível e isto não nos cabe, estamos avaliando o lado técnico. A emoção continua sendo o nosso critério principal e, dentro dele, vamos riscando alguns itens que achamos necessários. Sempre buscamos ajudar os candidatos com dicas para que possam melhorar, algo que não é mostrado na televisão por causa do tempo. Exatamente por isso, uma menina, acho que se chama Stefani, que já tinha feito uma audição no programa disse que pensou no que os meninos tinham dito e voltou depois de aperfeiçoar suas qualidades. Sinto que nós aprendemos com cada um”, contou a futura mamãe.

Juntos, os técnicos cantaram País Tropical no show especial que rolou no projac e está disponível na internet (Foto: AGNEWS)

O palpite da equipe é que a galera já vem preparado para enfrentar o The Voice depois de ver as cinco edições. “Algumas pessoas chegam aqui tendo passado por uma espécie de escola. Uma criança que tinha 12 anos quando foi lançado o primeiro episódio tem 17, logo, cresceu acompanhando a gente e sabe o que quer”, afirmou Brown sendo completado por Tiago: “As entrevistas estão rendendo de um jeito diferente, antes elas demoravam muito e agora estão bem rápidas. O rapaz que vem aqui chega sabendo o que quer falar e a imagem que pretende passar o público. Brinco com as famílias que este é o momento deles de bater um pênalti, porque precisam acertar na apresentação com os técnicos e sinto que a galera já vem treinando este passe há algum tempo”.

O apresentador Tiago Leifert está empolgado com mais uma temporada a frente do programa (Foto: AGNEWS)

Obviamente, o público de casa terá oportunidade de participar do programa. Depois do Tira-Teima, haverá duas batalhas sendo uma com disputas em dupla e outra, ao vivo, onde as celebridades escolhem alguém para representá-los para os espectadores votarem no melhor conjunto. A opinião de casa é muito importante para a representatividade musical estimulada pelo The Voice. “Sempre fui uma espectadora assídua do programa, não apenas por ser cantora, mas gosto de assistir, como brasileira. Ter um espaço para falar de música na televisão de maior audiência do país, em um horário nobre é muito importante. Há uma dedicação da equipe em detrimento da arte, fomentando oportunidades até mesmo para os técnicos. Os diretores sempre perguntam se existe algum trabalho que queremos apresentar ou se nós não queremos propor algo. Além disso, o quadro reúne artistas maravilhosos para lidarem com estes cantores, o que gera uma qualidade musical absurda”, agradeceu Ivete Sangalo pela oportunidade de participar da versão adulta do show, já que esteve no início do ano no The Voice Kids.

Lulu Santos tem projeto de lançar um CD com músicas da Rita Lee (Foto: AGNEWS)

Depois de receber a proposta, a cantora de axé se questionou se seria uma boa ideia entrar para o time de gigantes. “Quando recebi o convite para vir para o adulto chorei de emoção por conta de saber o quão especial foi a temporada no infantil. Me questionei como seria minha desenvoltura no adulto, se tenho competência para lidar com isso, mas fui recebida de uma forma linda pelos meninos. É chocante ver pessoas apostando nas suas carreiras e seguindo os seus sonhos. A galera pode até descobrir que não quer seguir neste caminho, mas tenho certeza que o momento no palco foi eternizado na vida de cada um. Já tive muitas experiências incríveis na carreira e guardei esta oportunidade para ser mais uma que considero especial”, comemorou. Apesar de ser um desafio, afirmou que lidar com os mais velhos acaba sendo mais fácil do que com os pequenos já que possuem mais experiências e bagagens para entender e compreender o não e o sim.

Michel Teló é o bicampeão do jogo (Foto: AGNEWS)

Apesar de ser mais fácil um adulto ouvir o não, ele nunca é bem-vindo em uma competição onde as pessoas estão lutando por seus sonhos. Depois das batalhas que prometem acelerar muitos corações, ocorrerá o quadro Remix já que os times podem estar desfalcados depois das outras edições. Desta mistura, cada um dos técnicos terá dois finalistas que irão para a semifinal e final, o que revelará ao Brasil a próxima aposta da rede Globo que já acumula cinco grandes campeões. “Várias pessoas que passaram por aqui estão seguindo os seus caminhos. Já vi meia página do jornal de um ex-participante que era do meu time. Todos ganham visibilidade na carreira, mas para um artista se tornar conhecido é preciso ter continuidade no processo”, afirmou Lulu Santos. Para que o destaque continue, a equipe acredita ser necessário espaço no mercado para os novos talentos. “Os candidatos precisam de oportunidade para aparecer na mídia, algo parecido com o que nós demos a eles. As pessoas ficam muito preocupadas em saber do programa e esquecem da galera antiga. O The Voice não tem a responsabilidade de criar uma celebridade, já demos a visibilidade para eles, mostramos que existe um talento ali e o resto depende de cada um”, lamentou Carlinhos Brown.

A maior novidade da edição é a substituição de Claudia leitte por Ivete (Foto: AGNEWS)

Além de aparecer na mídia, é preciso que cada destaque se esforce e se dedique assim como todos os outros artistas do meio. É preciso haver uma continuidade da carreira para que ela não se perca, como planeja Mariana Rios. “Meu sonho é ser cantora, sempre esperei uma oportunidade como esta na minha vida e ela apareceu no PopStar, onde mostrei ao mundo que gosto de cantar. O caminho é muito pessoal, já me deram um empurrãozinho, agora, devo tomar a decisão de seguir adiante ou não. Às vezes, as pessoas passam por aqui e percebem que não estão preparados. Estou preparando algumas novidades, mas não tenho pressa porque quero uma qualidade que compense o trabalho que fiz ao longo da minha vida”, contou. Assim como ela, Brown pretende lançar muitas músicas pelos próximos meses e Lulu Santos está com um projeto de cantar músicas de Rita Lee. “Quando li o livro dela, no início deste ano, entendi o que representava cada canção e percebi que aquilo também era a minha vida, independentemente de conhecê-la. Provavelmente é a artista brasileira que sei mais letras”, garantiu.

Pesquisas relacionadas