Cinema & TV

Camila Morgado comenta sobre seu personagem em Malhação: Vidas Brasileiras, uma professora dedicada e batalhadora, e ainda desmente nota de jornal

“Esta nota é falsa, nunca teria coragem de fazer esta censura", afirmou a atriz sobre publicação que a acusa de vetar a participação da youtuber Boca Rosa, Bianca Andrade, na telinha. A atriz falou ainda sobre a parceria com a juventude na nova temporada da novela e ainda comentou sobre política

Publicado em 9 de março de 2018 | Por Ana Clara Xavier

Batalhadora, dedicada, amorosa e atenciosa são alguns dos adjetivos que podem ser usados para resumir a professora Gabriela, em Malhação: Vidas Brasileiras. A personagem é uma dedicada educadora da Escola Sapiência que possui vocação para a profissão e, exatamente por causa disso, decide levar a educação para além das grades do colégio. A partir de então, começa a exercer trabalhos voluntários com a ONG Percurso que atua em favelas e na periferia. “Ela é uma mulher que tem uma família linda e sempre se divide entre os filhos e o trabalho, uma realidade super atual que consigo enxergar em mim e em muitas amigas. A Gabriela será aquela pessoa que vai tentar dar o melhor de si sempre pensando nos demais. Estou muito feliz em fazer este papel, porque ele fala de educação inclusiva, que é um tema importante de se falar no nosso país.”, explicou Camila Morgado, que terá o dever de interpretar esta profissional. Será esta vontade de ajudar o próximo que impulsionará o enredo diferenciado desta nova temporada de Malhação, que seguiu uma estética de seriado estrangeiro. Em especial, por ter sido baseada em um produto canadense.

Leia mais: PELA PRIMEIRA VEZ EM DUAS DÉCADAS, MALHAÇÃO: VIDAS BRASILEIRAS SERÁ INSPIRADA EM UM PRODUTO AUDIOVISUAL CANADENSE E A GENTE TEM TODOS OS DETALHES. VEM!

A atriz será a protagonista de Malhação e vai impulsionar a troca de núcleo de personagens (Foto: AGNEWS)

Quebrar a barreira da sala de aula e ir além é uma característica que a atriz acredita ser muito presente no Brasil frente às conversas que teve com profissionais da área. “Tivemos um workshop com alguns educadores que contaram as suas experiências e todos eles fazem isso. Acho que pode ser uma característica da profissão entender o aluno como um todo e não só o que vê dentro da sala de aula. Uma professora disse que, como conhecia a caligrafia dos estudantes, ela ia ao banheiro para ver o que eles escreviam e com base naquilo ia até eles para entender melhor aquela angústia”, relembrou. A partir da observação destes profissionais, para ajudar na composição desta personagem, a produção apostou em pouca maquiagem e um visual mais clean. “A minha caracterização faz parte, porque é interessante ser uma pessoa normal que reconhecemos na rua. Ela vive pelo seu trabalho, então é lógico que deveria seguir uma roupagem mais leve. Acho que com isso estamos bem próximos do que precisamos contar”, sugeriu.

Leia também: DEPOIS DE FAZER UM PRÍNCIPE EM NOVO MUNDO, O ATOR DANIEL RANGEL ENCARA O SEU PRIMEIRO PROTAGONISTA EM MALHAÇÃO: VIDAS BRASILEIRAS 

Felipe Rocha será o marido da atriz em cena(Foto: AGNEWS)

A protagonista da nova temporada de Malhação vai errar muito com estas tentativas de ir até o aluno, mas, segundo a atriz, isto faz parte da dificuldade que existe na profissão. Um professor precisa desempenhar muitas funções ao mesmo tempo, como amigo e psicólogo.  A dificuldade neste contato do adulto com o jovem sentido pela personagem é muito parecida com o que a atriz está passando. “Falar muito com os jovens é uma experiência nova para mim, pois já tinha feito filmes com atores mirins, mas nada comparado a isto de agora. Estou fazendo uma dramaturgia para um público que desconheço. Tenho que descobrir como me comunicar com eles e entender as suas motivações. O jovem, atualmente, vive em um mundo globalizado e é muito mais atuante nas redes sociais. Esta atuação vem para somar e aprender”, comentou.

Além do aprendizado que esta nova turma terá com os atores renomados que compõe esta trama como a própria protagonista e Ana Beatriz Nogueira, os próprios novos artistas também ensinaram muito aos antigos. “Malhação é uma novela muito longa, com muitos capítulos e acho que será muito interessante trabalhar com eles durante todo este tempo. Me dá um frescor quando estou em cena, porque este papel vai mudar muito a vida de alguns e é muito bom ver na carinha deles a ansiedade, que eu já passei”, comemorou. Ao mesmo tempo, por ser uma trama mais demorada, isto está exigindo mais preparo físico de Camila. Para aguentar esta rotina de protagonista, a artista está cuidando da alimentação e se exercitando, para que o corpo entenda que precisa estar saudável.

Leia: APÓS DIVULGAR DIAGNÓSTICO DE ESCLEROSE MÚLTIPLA, ANA BEATRIZ NOGUEIRA EMENDA DUAS NOVELAS ESTE ANO E AINDA SE APRESENTARÁ NO TEATRO 

O trio principal Carmo Della Vecchia, Camila Morgado e Felipe Rocha (Foto: AGNEWS)

Além de todos os desafios que a personagem enfrenta por ser uma professora, ela ainda terá o seu universo amoroso balançado ao entrar para a ONG Percurso. “O marido da Gabriela, interpretado por Felipe Rocha, a quer todos os momentos para ele e vai precisar lidar com isto. Enquanto isso, o Rafael, vivido pelo Carmo dalla Vecchia, é um amor antigo, mas não sei muita coisa deste trio. Sei que este assunto mal resolvido do passado vai mexer bastante com o casamento”, explicou. Juntos, estes três farão parte do triangulo amoroso mais marcante da trama.

Gabriela não será a primeira e nem a última personagem forte, segura de si e independente que Camila Morgado interpretará. No currículo, a atriz já compôs diversas grandes personalidades, sendo esta lista encabeçada pelo filme Olga. O longa era uma adaptação do livro de Fernando Morais, que falava sobre uma jovem comunista alemã, judia e companheira de Luiz Carlos Prestes. “Acho que tenho vocação para fazer grandes mulheres, mas na verdade acho que todos os papéis são grandes, o que muda é a maneira como a pessoa enxerga e como vai fazer. Todos os personagens são maravilhosos. Tenho que ver o comportamento humano”, celebrou. Mesmo já tendo uma larga experiência no ramo, a artista confessou que não é uma figura fácil de fazer e afirmou que tem receio.

A FILHA DE GORETE, ALICE MILAGRES, ESTREIA NAS TELINHAS EM MALHAÇÃO: VIDAS BRASILEIRAS COMO UMA MENINA CHEIA DE SEGREDOS 

A atriz nega ter vetado a participação de Boca Rosa na novela (Foto: AGNEWS)

Recentemente, em matéria publicada pelo EXTRA, a artista foi acusada de ter vetado a participação da youtuber Boca Rosa, Bianca Andrade, em Malhação: Vidas Brasileiras. Na nota, estava escrito que a digital influencer havia sido escalada para o papel da filha da personagem Gabriela, mas Camila Morgado disse que queria trabalhar com uma ‘atriz de verdade’. “Esta nota é falsa, nunca teria coragem de fazer esta censura. Se a pessoa é escolhida para fazer uma função, significa que ela está apta para isso. Quem sou eu para dizer o contrário? Quando me avisaram sobre esta inverdade, não entendi nada, porque não sei quem ela é e soube que ela nem fez parte das oficinas da Globo. Não sei da onde tiraram esta notícia. Fiquei muito chateada, porque o jornal até desmentiu, mas a chamada não mudou. Acho estranho terem escrito algo deste gênero sem me consultar. Fiquei muito chateada”, lamentou. A emissora e o representante da blogueira, Flávio Luz, desmentiram a notícia, garantindo que o único vínculo, periódico, que ela tinha com o canal era no programa É de Casa. “Como já foi divulgado, para a seleção deste grupo de 17 alunos da escola, foram entrevistados cerca de 600 jovens atores de várias regiões do Brasil. A atriz Jeniffer Oliveira, que interpreta a Flora, participou do processo desde o início e foi uma das escolhidas”, informou o comunicado da Central Globo de Comunicação.

A atriz terminou a entrevista soltando o verbo sobre a política brasileira e dando a sua opinião sobre o futuro do país. “Não compactuo com o governo que está no poder, para mim é ilegítimo. Acho que enfrentamos um golpe e continuamos passando por isso. Estou torcendo pelas eleições”, afirmou.

Pesquisas relacionadas