Cinema & TV

Além de fazer sucesso na televisão e nos cinemas, Vera Holtz comenta a criatividade na internet: “Sou chegada na galera, estou sempre junto deles”

Nas telonas, a atriz estreia nesta semana o filme "TOC – Transtornada Obsessiva e Compulsiva". No elenco, que também tem Tatá Werneck, Bruno Gagliasso e Ingrid Guimarães, Vera Holtz contou porque quis fazer parte desse time. "Eu não sei fazer humor, mas eu gostaria muito de conviver com eles" | LER MAIS

07/02/2017 às 15:14 POR: Julia Pimentel

Na televisão, ela é a megera Magnólia de “A Lei do Amor”. Já nos cinemas, Vera Holtz está em cena com o divertidíssimo filme “TOC – Transtornada Obsessiva e Compulsiva”. No longa, a atriz interpreta a empresária da protagonista, vivida por Tatá Werneck. Animada por estrelar um trabalho de humor, Vera Holtz definiu a experiência como maravilhosa. Em “TOC – Transtornada Obsessiva e Compulsiva”, a experiente atriz ainda dividiu os sets com Ingrid Guimarães, Bruno Gagliasso e Luis Lobianco. “Os comediantes são muitos especiais. Eu não sei fazer humor, mas eu gostaria muito de conviver com eles. Eu admiro muito o trabalho dos humoristas e queria entender como eles fazem, por isso quis tanto fazer esse filme”, contou Vera.

Vera Holtz e Tatá Werneck em “TOC – Transtornada Obsessiva e Compulsiva” (Foto: Reprodução)

Paralelo ao filme que estreia nesta semana, Vera segue no ar como a vilã do horário nobre da Globo. Em “A Lei do Amor”, Magnólia, personagem da atriz, está começando a sofrer as consequências de suas atitudes. Em defesa de Mág, Vera Holtz a definiu como uma mãe de família que sempre zelou pelo bem estar de todos. No entanto, em relação às maldades, a atriz disse que não consegue opinar com certeza. “Eu não consigo achar nada. Eu defendo a Mág dependendo do capítulo que chega. A cada semana, é uma novidade e uma surpresa com as tramas da personagem. Então, fica difícil estabelecer uma defesa”, disse Vera que, neste momento, está 100% dedicada à trama de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari. “A nossa atividade é bastante intensa. A novela é um período de bastante estudo, que nós precisamos encontrar formas para nos proteger. É muito trabalho, não dá para fazer outros projetos”, explicou.

Em “A Lei do Amor”, Vera Holtz interpreta a vilã Magnólia (Foto: Reprodução)

Mesmo assim, no próximo mês, Vera Holtz estreia mais um filme em sua carreira. No elenco de “Berenice Procura”, a atriz leva aos cinemas brasileiros um enredo que aborda a morte de uma transexual. Com um assunto cada vez mais debatido nos tempos modernos, Vera Holtz destacou a importância de tratar a questão em diferentes tipos de segmentos. Segundo ela, este trabalho foi essencial para sua carreira e vida pessoal. “Foi uma experiência humana, profunda e fundamental nos tempos atuais. Eu convivi e fiquei encantada com aquelas meninas lindas e que tem uma alma feminina. Elas são de uma delicadeza e de uma humanidade que impressionam”, disse a atriz que acrescentou: “Nós fizemos uma preparação com trans, travestis, atores e bailarinos e foi uma vivência mágica. Eu pude e tive que trabalhar com atitude. Então, para esse filme, eu tive contato com o desprendimento e a busca da personagem”.

Insider nos assuntos em pauta no momento, Vera Holtz também analisou o atual panorama mundial. Segundo a atriz, este é um momento “muito especial” e que divide dois momentos de nossa história. “Eu acho que nós estamos em uma mudança de era. Antigos impérios estão quebrando e novos estão surgindo. Por enquanto, estamos à deriva. Por isso, acredito que este seja um momento importantíssimo para reflexão e que nós precisamos pensar sobre tudo isso. Nós precisamos ter lucidez para prestar atenção em todas essas informação que estão vindo à tona”, apontou.

No mês que vem, a atriz irá estrear o filme “Berenice Procura”, que trata da morte de uma transexual (Foto: Reprodução)

Por fim, um assunto mais leve encerrou nossa entrevista com Vera Holtz. Além de brilhar nas telonas, nas novelas e defender seus pontos de vista em tempos de crise, ela também é a diversão de muitos perfis nas redes sociais. Com mais de 30 anos de carreira só na televisão, Vera Holtz ganhou a internet na forma de memes. Se ela se incomoda com isso? Imagina! Segundo ela, que também compartilha suas próprias brincadeiras, é uma mistura de honra e diversão. “Alguns personagens geram uma identificação maior com o público que acabam criando memes como foi o da Santana, a alcoólatra de ‘Mulheres Apaixonadas’. Eu acho isso tudo muito bacana. Assim como eu crio personalidades no meu trabalho, eu tenho uma profunda admiração por quem cria diferentes artes nas redes sociais também. Eu fico feliz por ser o motivo da inspiração das pessoas. Seja no meme ou no desenho, elas estão lembrando de mim”, disse Vera Holtz que contou que curte a interação com as redes sociais. “Sou chegada na galera, estou sempre junto deles”, completou aos risos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterGoogle+0
TAGS , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Também