ToliBlog

Pelo 14º ano, Zico promove Jogo das Estrelas no Maracanã e desta vez recebe apoio e parceria de Jermaine Jackson, irmão de Michael e ex-integrante do Jackson 5: “O legado continua”, garante músico

O evento, que ocorre amanhã em um importante palco do esporte mundial, visa ajudar pessoas carentes e tem o apoio da Adventure of Humanity. Animado com a presença do astro norte-americano, Zico contou que era fã do grupo infantil e que havia ido a um show no passado. "É uma honra trazer uns dos meus ídolos da juventude"

Publicado em 27 de dezembro de 2017 | Por Julia Pimentel

“Esporte e Música são uma grande voz para a população mundial. Juntos podem mudar o mundo”. As palavras são do presidente da Adventure of Humanity, Ricard Nilsson, e ajudam a traduzir a potência que será o evento desta quarta-feira no Maracanã. Pela 14ª vez, Zico comanda o Jogo das Estrelas no clássico estádio de futebol e reúne grandes nomes do esporte em prol de ajudar quem mais precisa. No entanto, este ano o time estelar vai além dos campos. Hoje, na coletiva que apresentou a edição de 2017, Jermaine Jackson, irmão de Michael Jackson e ex-integrante do grupo Jackson 5, foi anunciado como atração especial.

A dobradinha entre esporte e música ajuda a reforçar o coro da solidariedade que faz parte do evento. Para Zico, anfitrião do Jogo das Estrelas, é uma honra ter Jermaine como integrante do elenco deste ano. Segundo o Galinho, o músico faz parte de sua vida e, inclusive, ele já havia ido a um show na época dos Jackson 5 aqui no Rio. “É uma honra trazer uns dos meus ídolos da juventude. Dancei muito as músicas deles. Eu ainda namorava com a Sandra quando fomos num show histórico do Jackson 5 no Maracanazinho, em 74. Nos orgulhamos muito dele (Jermaine) e do irmão (Michael Jackson) por tudo o que fizeram pela música e pelas causas sociais e temos uma grande afinidade com a vinda dele. O Maracanã sempre foi o grande palco de nomes do esporte e também da música”, contou Zico.

Zico e Jermaine Jackson na coletiva do Jogo das Estrelas (Foto: Rogério Fidalgo)

Quem também é fã e reconheceu a importância de Jermaine Jackson para o Jogo das Estrelas foi Junior Coimbra. Empresário e organizador do evento desde o começo, ele destacou a visibilidade que esta parceria trará para a Adventure of Humanity e para todos os envolvidos no projeto beneficente. “É uma emoção muito grande e algo de diferente receber o Jermaine. Eu e meus irmãos sempre fomos muito fãs do grupo, a gente se fantasiava com roupa deles. Éramos fãs do Michael (Jackson). É uma honra muito grande contar com ele”, comemorou.

No entanto, o clima de empolgação na divulgação do evento no Rio não foi apenas pela presença de Jermaine Jackson. O próprio músico também comentou sobre a experiência de estar fazendo parte da ação. Assim como seu irmão Michael Jackson, que se dedicou a ajudar pessoas carentes, ele segue o mesmo caminho. “É uma honra pra mim, como representante da família Jackson 5 estar aqui. Nós sempre nos dedicamos a causas humanitárias e fiquei feliz quando me chamaram para cantar. Sempre tentamos ser verdadeiros com a música. Meu irmão não está mais aqui, mas o legado continua. Vim aqui representar o projeto humanitário, que é ajudar e doar aos que precisam. Para ser considerado humanitário temos que ter a paixão para doar e ajudar as pessoas”, defendeu.

Richard Nilsson, Zico, Jermaine Jackson e Junior Coimbra (Foto: Rogério Fidalgo)

E é exatamente isto o que prega o Jogo das Estrelas. Tradicional e super aguardado no calendário beneficente de fim de ano, o evento promovido por Zico é referência no cenário esportivo e artístico. Por isso, na história, o projeto acumula tantos nomes importantes como convidados. Por trás disso tudo e fortalecendo o combustível da solidariedade, a Adventure of Humanity é a responsável pelas doações. E hoje, no Rio, o presidente da instituição comentou a importância desta união de forças entre Zico e Jarmaine Jackson. “Quando estamos unidos em uma só voz, o mundo ouve melhor. Esporte e Música são uma grande voz para a população mundial. Juntos podem mudar o mundo! Trazem amor, igualdade e amizade. É uma boa forma de lutar contra o racismo no mundo inteiro”, declarou Richard Nilsson, presidente da Aventure of Humanity, que, após 2014, passou a ser ajudado pela família de Michael Jackson e de personalidades como Nelson Mandela e Gandhi.

Serviço

Abertura dos portões: 17h
Jogo os Artistas: 18h
Jogo das Estrelas: 20h30

Pesquisas relacionadas