ToliBlog

Lapo Elkann, o controverso herdeiro da Fiat, simula o próprio sequestro nos Estados Unidos e deve ir aos tribunais em janeiro

O milionário teria ido para a cidade de Nova York comemorar o feriado de Ação de Graças com muito álcool e drogas, ao lado de uma prostituta transexual

Publicado em 6 de dezembro de 2016 | Por Leonardo Rocha

As coisas não andam tão bem para o lado de Lapo Elkann, um dos herdeiros do poderoso grupo Fiat. Isso porque, o italiano de 39 anos foi detido pela polícia de Nova York no último dia 27, após se envolver em uma tremenda confusão com uma prostituta transexual. De acordo com informações das autoridades locais, o milionário, que tem laços estreitos com o Brasil e já foi eleito o homem mais bem vestido do mundo por diversas vezes, teria simulado o seu próprio sequestro para conseguir a quantia de US$ 10 mil de sua família – que também é dona do jornal “La Stampa” e do time de futebol Juventus.

Lapo Elkann forja seu próprio sequestro (Foto: Divulgação)

Lapo Elkann forja seu próprio sequestro (Foto: Divulgação)

Segundo a imprensa norte-americana, que citou fontes da polícia local, Elkann teria ido para a cidade para comemorar o Dia de Ação de Graças, que aconteceu dia 24 de novembro, e, para não celebrar a data solitariamente, contratou os serviços de uma moça de 29 anos, com quem passou dois dias consumindo excessivamente álcool e drogas. Sem mais dinheiro, a profissional teria comprado mais entorpecentes para Elkann que prometeu pagá-la de volta. Desesperado e sem mais recursos, o empresário teria começado a elaborar o seu próprio sequestro, contando aos seus familiares que o estavam mantendo contra sua vontade em um apartamento de Manhattan e que uma mulher o machucaria se não fossem entregues a quantia para pagar o resgate.

No meio desta confusão, um membro da família de Elkann então teria se dirigido à polícia, que organizou a falsa entrega do dinheiro e que acabou descobrindo a farsa da dupla. Os oficiais deram o parecer de que o plano era ideia do empresário e liberaram a prostituta sem acusações. Depois da prisão, o herdeiro recebeu uma ordem para se apresentar diante de um tribunal em janeiro, segundo o jornal “The New York Times”. No entanto, não é a primeira vez que Lapo, que é tataraneto de Gianni Agnelli, se envolve em uma polêmica neste ano. Em maio ele foi acusado por Uma Thurman de beijá-la sem seu consentimento durante um leilão beneficente da amfAR, em Cannes, e quase foi processado pela atriz.

30elkann-web-master768

Ao contrário do irmão, o discreto John Elkann, que assumiu a presidência da Fiat em 2010, bad boy é conhecido não só pelas declarações polêmicas, as roupas de de luxo que veste (em 2008, foi considerado um dos homens mais bem vestidos do mundo pela revista “Vanity Fair”), mas também pelo consumo desenfreado de drogas, que o deixou em coma induzido por overdose em 2005.

Pesquisas relacionadas

close-link