Teatro & Pensata

Sete livros em um espetáculo: Thalita Rebouças reúne os melhores trechos de sua coletânea de sucesso em “Fala Sério, Gente” com montagem em parceria com Claudia Raia e Jarbas Homem de Melo

Na peça em cartaz em São Paulo, a autora carioca desbrava novos formatos com as histórias de Malu, sua protagonista na série literária. Pela primeira vez, Thalita assina um roteiro para o teatro na tentativa de aproximar a arte de seu público jovem. "É muito difícil o adolescente ter seu lugar no teatro. E eu acho isso uma crueldade"

Publicado em 19 de outubro de 2017 | Por Julia Pimentel

Não importa se você é um adolescente fanático por literatura ou daqueles que foge dos livros. Em algum momento você certamente já passou por Thalita Rebouças. Essa é a realidade de boa parte dos jovens desde 2004, quando o fenômeno “Fala Sério” passou a dominar as livrarias e listas escolares. De lá para cá, Thalita Rebouças consolidou seu nome como a autora queridinha do público jovem e hoje possui mais de dois milhões de exemplares vendidos. Mas agora, a escritora ataca em um novo formato. Depois do sucesso de sete livros com a temática “Fala Sério”, que variam de mãe a amor, a história da protagonista Malu ganha os palcos no espetáculo “Fala Sério, Gente”.

Produzido por Claudia Raia e dirigido por Jarbas Homem de Melo, a produção está em cartaz em São Paulo desde o último dia 12 e já coleciona elogios do público – dos adolescentes às mamães. Neste novo projeto da carreira, Thalita Rebouças assina o roteiro que reúne os melhores trechos de seus sete livros. “Foi uma experiência maravilhosa. Eu amei selecionar as partes mais engraçadas e fiquei muito feliz de assinar meu primeiro roteiro para o teatro”, comemorou a autora que contou com a ajuda de seu assíduo público teen. “Eu já sabia de algumas partes que eram as queridinhas, mas os leitores me ajudaram muito a destacar alguns pontos dessa coletânea”, contou.

Thalita Rebouças estreia como roteirista de teatro em “Fala Sério, Gente” (Foto: Caio Gallucci)

Inclusive, foi uma das leitoras de Thalita Rebouças a grande responsável pelo espetáculo “Fala Sério, Gente”. Com 15 anos, Sofia Raia, filha de Claudia, foi quem deu a ideia de produzir a escritora carioca para a mãe. De acordo com Thalita, a veterana dos palcos estava em busca de um texto para o público jovem e a adolescente sugeriu um compilado das obras de sucesso da autora. “Eu nunca tinha pensado em transformar todos os meus livros dessa coletânea em um espetáculo para o teatro. Mas, quando a Sofia falou com a Claudia e elas vieram conversar comigo, eu amei. Comprei a ideia e mandei brasa para que ficasse tudo lindo. E nem acredito que, em tão pouco tempo, conseguimos produzir e estrear a peça”, comentou Thalita que destacou o entrosamento da equipe do espetáculo que teve apenas quatro semanas de ensaio.

No palco, “Fala Sério, Gente” passeia por todos os questionamentos de Malu. Assim como na literatura, Thalita Rebouças trouxe as temáticas com as mães, professor, amiga, pai, professor, amor, irmã e irmão. Ah, e de acordo com a autora, nem mesmo o tempo minimizou as questões narradas na obra. Apesar de “Fala Sério, Mãe”, o primeiro da coletânea, ter sido lançado em 2004, Thalita Rebouças disse que a história continua completa e atual. “Para o espetáculo, eu reli todos os livros e não senti falta de falar das redes sociais que bombam hoje em dia, por exemplo. Talvez, a única temática que eu acrescentaria fosse a TPM que, inclusive, aparece na peça. Como eu senti falta disso, escrevi um trechinho novo que segue a ideia dos livros para garantir que a adolescência da Malu ficasse completa”, comentou Thalita que comemorou a atemporalidade de suas obras. “Eu fiquei muito feliz de ver que o adolescente de 2017 ainda é o mesmo do de 2004. Mesmo o livro não tendo as gírias de hoje e nem a temática da internet e das redes sociais, ainda é uma história atual. A diferença é que agora o amor platônico se chama crush”, brincou.

Jarbas Homem de Melo assina a direção, Thalita Rebouças o texto e Claudia Raia a produção do espetáculo (Foto: Caio Gallucci)

O que também não mudou foi a essência dos personagens para a versão teatral. Do mesmo jeito que imaginamos a Malu das páginas de Thalita Rebouças, a escritora apresenta nos palcos nesta parceria com Claudia Raia e Jarbas Homem de Melo. Aliás, segundo ela, esta é a maior preocupação quando Thalita vê suas histórias ganhar novos formatos. Em relação ao texto e às palavras, a autora garantiu não ser apegada. Ao contrário de seus filhos criativos. “Eu sou muito apegada à alma dos meus personagens. Não importa se é para o teatro, o cinema ou televisão, a Malu precisa sempre ter a personalidade engraçada e nariz em pé dos livros. Assim como o palavrão, que não pode fazer parte de nenhuma adaptação, assim como não faz dos livros”, disse.

Nisso tudo, Thalita Rebouças ainda foi além. Se reler as obras, se descobrir roteirista de teatro e ainda participar da construção da narrativa já não fosse o bastante, a autora carioca ainda trouxe a música autoral como pitada de mestre. Em “Fala Sério, Gente”, a história de Malu é costurada por uma lista de músicas compostas por Thalita Rebouças e Daniel Lopes. “Esse foi o meu maior desafio. Eu queria que essa peça fosse contada com músicas e que elas fossem complementos, e não pausas da história. Então, eu e o Dani, meu namorido, escrevemos letras e fizemos paródias de grandes hits para compor o roteiro. E o resultado ficou lindo. Estou bastante orgulhosa deste trabalho musical”, afirmou.

No espetáculo, as músicas foram compostas por Thalita e o namorado, Daniel Lopes (Foto: Caio Gallucci)

E no lado direito e esquerdo de Thalita Rebouças em todo este mergulho teatral estavam Claudia Raia e Jarbas Homem de Melo. O casal, que é referência nos palcos e nos musicais em todo o Brasil, foi o elemento fundamental para o bom resultado de “Fala Sério, Gente”, como Thalita apontou. Aliás, a autora carioca não poupou elogios aos dois. “Eu estou muito apaixonada por eles. Eu já era muito fã da Claudia e fiquei ainda mais enlouquecida depois dessa experiência. Para mim, ela e o Jarbas são quem mais entendem de teatro hoje no Brasil e eu fico muito feliz de ter sido abraçada por essa dupla. Desde o começo, eu confiei 100% no conhecimento deles e fiquei relaxada”, confessou.

Como resultado dessa mistura de parceria, descobertas e muito trabalho, um espetáculo que já é sucesso em São Paulo. Com “Fala Sério, Gente”, Thalita Rebouças, mais uma vez, aproximou o jovem da arte. Assim como a vontade de estreitar a relação do público teen com a literatura a motivou a escrever ainda nos anos 2000, a necessidade de promover cultura para seus leitores a estimulou em 2017. “É muito difícil o adolescente ter seu lugar no teatro. E eu acho isso uma crueldade. Em qualquer lugar, nós sempre temos inúmeras peças para as crianças e para os adultos, mas o meio do caminho fica vazio. Porém, é extremamente importante que a gente estimule esses jovens de hoje porque eles serão a plateia adulta do futuro. Então, com esse espetáculo, eu espero que a gente faça muito sucesso e consiga estimular outros produtores a também produzirem para os adolescentes para que não tenhamos apenas espetáculos esporádicos. Só assim vamos conseguir salvar o teatro de um futuro bem próximo”, disse.

Espetáculo “Fala Sério, Gente” (Foto: Caio Gallucci)

E é este desafio um dos combustíveis artísticos de Thalita. “Fazer teatro para essa galera me dá mais do que prazer. Ei sinto que estou fazendo o bem para uma geração. Eu estou muito feliz de poder ter um projeto tão legal como esse para os jovens que não tem apelação, palavrão e nem nada negativo. Não é bobo, é legal”, defendeu a escritora que completou. “Pelo menos eu sinto que estou fazendo a minha parte e contribuindo para uma geração mais interessada em arte no futuro”, pontuou.

Deste jeitinho, com sua personalidade gaiata, como ela mesma se definiu, Thalita Rebouças segue como referência para aqueles que têm os dilemas da fase pós-criança e pré-adulta como rotina. Seja no teatro, nos livros ou em qualquer outro formato, Thalita Rebouças é há alguns anos o símbolo de compreensão dos jovens e das mães, que enxergam na escritora uma tecla sap dos questionamentos dos filhos. E é assim que ela pretende seguir. Com a mente sempre fresca e antenada àqueles que estão começando a vida, Thalita segue sua carreira como escritora e alcança novos ares como consequência.

Além de estrear como roteirista no teatro, a autora também desbrava as telonas com “Tudo Por Um PopStar”. O livro, que foi o segundo da carreira de Thalita Rebouças, lançado em 2003, vai virar filme com roteiro assinado pela carioca e começará a ser rodado no final deste mês. Nos cinemas ainda, Thalita estreia “Fala Sério, Mãe”, com Ingrid Guimarães e Larissa Manoela em dezembro e, um mês antes, lança a versão ampliada de um de seus maiores sucessos. “Em novembro, eu vou lançar uma edição com mais sete crônicas do livro que vai contar dos desafios e dilemas da Malu na faculdade. Então, nessa parte, que foi um pedido dos próprios leitores, tem estágio, monografia e tudo mais que vem depois da escola”, adiantou. Fora isso, Thalita Rebouças ainda começa a gravar a próxima temporada do The Voice Kids e planeja levar “Fala Sério, Gente” para mais cidades do Brasil, mas ainda sem nada definido. Nunca cansamos de Thalita Rebouças!

Serviço: “Fala Sério, Gente”

Temporada até 11 de novembro
Local: Teatro das Artes | Shopping Eldorado
Endereço: Av. Rebouças, 3970 – Pinheiros, SP
Horários: Quinta a sábado – 19h
Ingressos: R$ 70,00 inteira | R$ 35,00 meia-entrada
Venda: http://www.tudus.com.br
Classificação: Classificação Livre
Duração: 70 minutos
Capacidade do teatro: 769 lugares

Pesquisas relacionadas