Teatro & Pensata

Amizade em cena: Maria Ribeiro, Pretinho da Serrinha e Carolina Dieckmann estreiam peça no Rio com histórias pessoais, músicas e reflexões no enredo

Entre uma história e outra, Maria, Pretinho e Carolina abordam temáticas mais sérias, como racismo, machismo e política. Porém, em momento algum, estas questões têm o objetivo de ser didáticas, como destacou Pretinho da Serrinha. “Na maioria das vezes que falamos sobre esses assuntos, fica um clima pesado e tem briga. Mas no nosso caso não é assim"

Publicado em 12 de julho de 2017 | Por Julia Pimentel

“Não é teatro, mas tem personagem, tem um pouco de dramaturgia, tem marcação de cena e tem terceiro sinal. Não é show, mas tem música, instrumento, tom, improviso e até coreografia. O que é, nem Maria Ribeiro, nem Pretinho da Serrinha e nem Carolina Dieckmann sabem definir o que foi que estreou hoje no Teatro do Fashion Mall com o nome de Tryo Eletryco. O que o Site HT pode dizer, já que estava na plateia, é que é lindo o encontro desse trio no palco falando sobre amizade, amor, sobre a vida e cantando clássicos do cancioneiro nacional que vai de Marisa Monte a Maiara a Maraisa, passando por Mallu Magalhaes, José Augusto e Só pra Contrariar. Pra quem quer se divertir e se emocionar, vale muito a pena ir experimentar a ousadia desse trio de fazer algo que não tem significado, mas que tem muito significante “, foi assim que o editor do site HT, Junior de Paula, comentou o espetáculo “Ensaio sobre alguma coisa que a gente ainda não sabe o nome”, com Maria Ribeiro, Pretinho da Serrinha e Carolina Dieckmann, o Tryo Elétricoque estreou no palco do teatro do shopping Fashion Mall, nessa terça, e segue em cartaz nas próximas terças-feiras de julho.

Se a definição da peça não é algo muito claro, nem mesmo para os três que a fazem, a razão pelo qual estão no palco é explicada por Carolina Dieckmann. Em um momento de caos, eles trazem o frescor de uma arte descompromissada para divertir a plateia. “A gente está vivendo um momento tão crítico no Brasil, com os teatros fechando e a política do jeito que está, que eu acho que nós virmos com as nossas histórias, um pouco de música e descontração dá uma quebrada. É uma delícia, eu fiquei em êxtase depois da peça. E o público também. Eu olhava de cima do palco e sentia que a plateia estava com o riso solto”, comemorou a atriz logo após a estreia.

“Ensaio sobre alguma coisa que a gente ainda não sabe o que é” fica em cartaz no teatro do shopping Fashion Mall apenas no mês de julho (Foto: AgNews)

Em “Ensaio sobre alguma coisa que a gente ainda não sabe o nome”, Carolina Dieckmann se aventura cantando e tocando violão e ukelele, Maria Ribeiro também solta a voz e arrisca até coreografia e Pretinho da Serrinha amplia suas habilidades e mostra sua versão ator. Ou, pelo menos, engana. “Eu não sou ator, sou músico. Essas duas que inventaram essa brincadeira. Na verdade, nós somos três amigos em cima de um palco. Eu ajudo com a parte da música e elas me dão apoio na atuação”, brincou o sambista que não escondeu a tensão antes da estreia no teatro. “No começo, eu estava muito nervoso. Minha boca estava completamente seca. Porém, no final, quando eu vi que estava acabando, eu não queria mais sair do palco. Foi uma experiência muito boa e eu estou muito feliz”, afirmou.

Com esse clima em que a amizade e a diversão foram os ingredientes principais, o Tryo Eletryco apostou principalmente na parceria entre seus componentes. Embora tenha enredo com começo, meio e fim, roteiro a seguir e posição no palco, a apresentação se torna uma grande brincadeira, em que fica claro que os três estão bem à vontade no palco. “A gente não ensaiou quase nada. Quando a gente se encontrava, elas só queriam ficar cantando. Eu queria atuar para poder aprender e a Carol e a Maria só tocavam. Foi só no palco, na hora do vamos ver que eu descobri que deu certo”, confessou Pretinho da Serrinha.

Em cena, Maria e Carolina cantam e tocam instrumentos e Pretinho atua (Foto: AgNews)

No entanto, o espetáculo não se restringe a alegria deste encontro de amigos. Entre uma história e outra, Maria, Pretinho e Carolina abordam temáticas mais sérias, como racismo, machismo e política. Porém, em momento algum, estas questões têm o objetivo de ser didáticas, como destacou Pretinho da Serrinha. No espetáculo, o músico conta experiências de racismo que já viveu – inclusive no próprio Fashion Mall – e Maria e Carolina destacam versos de composições do sambista que revelam um lado machista da canção. “Na maioria das vezes que falamos sobre esses assuntos, fica um clima pesado e tem briga. Mas no nosso caso não é assim. Nós somos amigos dividindo opiniões, porém, tudo dentro da amizade, da brincadeira e do respeito. No entanto, apesar dessa leveza, a mensagem está sendo passada”, destacou Pretinho que afirmou não se incomodar com esta exposição de sua vida que, para muitos, era desconhecida. “Tudo o que eu conto são as minhas histórias de vida. Todas reais. Eu não me incomodo de contá-las em cima de um palco. Não tenho motivo para esconder. Uma hora ou outra esse meu passado ia aparecer. Então, é melhor que eu mesmo conte porque não tem jeito, eu vim disso”, disse o músico que, entre essas histórias, relembra a sua primeira festa de aniversário, aos sete anos, na comunidade que morava, oferecida por um traficante local

Já Carolina Dieckmann acredita que este posicionamento da peça esteja ligado a outra questão. Mais do que falar de política, machismo e racismo no teatro, a atriz destacou que o fator importante neste contexto é o grupo estar promovendo arte às terças-feiras no Rio de Janeiro. “Eu acho que a parte política da peça é só o fato de estarmos em cartaz em plena terça-feira fazendo temporada popular para resgatar um público que não estava mais vindo ao teatro”, apontou a atriz que está morando nos Estados Unidos e, agora, está passando uma temporada no Brasil para apresentar a peça.

Peça”Ensaio sobre alguma coisa que a gente ainda não sabe o que é” com Maria Ribeiro, Pretinho da Serrinha e Carolina Dieckmann (Foto: AgNews)

Depois da temporada em cartaz no teatro do shopping Fashion Mall, “Ensaio sobre alguma coisa que a gente ainda não sabe o que é” deverá viajar o Brasil com apresentações mensais. Pelo menos este é o plano do Tryo Eletryco, como nos contou Carolina. “A nossa ideia é que, após terminarmos essa temporada no Fashion Mall, que a gente faça algumas cidades. Então, estamos pensando em eu vir dos Estados Unidos uma vez por mês para fazer apresentações pelo Brasil. A gente quer levar esse espetáculo para os lugares e continuarmos fazendo teatro. Tomara que dê certo”, idealizou a atriz. Já deu, Carol!

Serviço: “Ensaio sobre alguma coisa que a gente ainda não sabe o que é”

Dias: 11, 18 e 25 de julho – terças-feiras
Horário: 21h
Classificação LIVRE
Duração 70 min
Ingressos: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia-entrada)

Pesquisas relacionadas