Teatro & Pensata

Agenda Cultural: Depois de cinco anos de pesquisa, a peça “Redemunho” estreia essa sexta na Casa de Cultura Laura Alvim

Um fim de semana com uma estreia incrível no teatro, sucessos já consagrados pela crítica no cinema e exposições envolventes e apaixonantes. Ficar em casa vai ser a última opção de todos, não é?

Publicado em 9 de março de 2017 | Por Rodrigo Cohen

Eram quatro amigos que se reuniam para ler textos e estudar teatro: Claudia Ventura, Alexandre Dantas, Ana Carbatti e Anderson Aragon. Em um dos encontros, Anderson levou os textos de Ronaldo Correia de Brito e foi amor à primeira leitura. Isso tudo aconteceu há quatro anos e desde então o grupo – entre um trabalho e outro – se reúne para discutir os quatro contos do autor nordestino que compõe o enredo da peça “Redemunho”. A atriz Ana Carbatti parou um pouco da pesada rotina de ensaios que antecede a estreia para falar sobre o processo todo com o HT.

Foto: Silvana Marques

“Nós nos reuníamos toda semana para ler uns textos de teatro, mas sem a intenção de montar nada, só para estudar mesmo. Um dia o Anderson Aragon, que é o diretor do espetáculo, chegou com esses contos. Foi uma paixão. Todos nós caímos de bruços neles e escolhemos esses quatro que eram os que mais nos tocavam, eram os que mais tinham tradução cênica. Então, escolhemos esses contos há 5 anos. Até que chegou um momento que a gente falou ‘Então está bem. Vamos fazer’ e agora estamos estreando”, explicou a atriz em meio a alegres risadas.

O elenco se conhece há muito tempo. Entre interseções artísticas, já houve encontros no palco entre eles, mas essa é a primeira produção envolvendo o grupo todo. Ana falou também sobre como foi esse processo durante os anos todos e sobre a paixão pelos textos, que foi o motor para o grupo não abandonar o projeto: “A gente veio esse tempo todo sem ter uma ideia de como queríamos montar. Mantivemos os encontros para discutir e às vezes aparecia alguém e falava ‘Ah li um outro conto interessante’, mas sempre acabamos nos mesmos quatro”.

“Ficamos muito tempo degustando o texto. A gente pensava como cada um de nós como artistas poderia transportar aquelas palavras para o teatro, que tipo de encenação nós queríamos fazer. Isso foi tão discutido durante esses cinco anos que quando fomos para a montagem, ela se levantou em dois meses. A nossa compreensão do texto era tão profunda que a cena se desenhou muito facilmente. Não só da estrutura do texto, mas da relação entre nós. A gente montou uma ideia juntos. Hoje, o ‘Redemunho’ que vai estrear sexta está com um pedacinho de cada um de nós e do que a gente quer ser como artista. É a parte mais bonita desse trabalho”, completou Ana.

Foto: Silvana Marques

Os contos são parte do livro “A Faca” do autor nordestino Ronaldo Correia de Brito e desde “o primeiro encontro” ela é completamente apaixonada pelo trabalho de Ronaldo. “As histórias são lindas, muito profundas. Falam sobre o ser humano no seu estudo mais primitivo. É impressionante como ele ainda não é um best seller conhecido pelo público inteiro. Ele fala sobre um Brasil extremamente brasileiro e com uma poesia incrível. Ele é um autor apaixonante. Escreve com beleza e crueldade mostrando o lado mais profundo das personagens”, enumerou.

Nos palcos a partir desta exta-feira, o elenco garante que a palavra que define o que poderá ser visto pelo público é sinceridade. “O público vai chegar ao teatro e encontrar atores completamente despidos, completamente entregues, porque nós somos atores narradores. A gente conta e vive a história ao mesmo tempo. Esse tipo de trabalho não admite mascaramento, não tem espaço para isso. Essa sinceridade do trabalho do ator é a vértice principal do espetáculo que as pessoas vão ver”, adiantou a atriz.

O elenco é formado por Claudia Ventura, Alexandre Dantas e Ana Carbatti. Já Anderson Aragon assina a direção do espetáculo. A peça entra em cartaz nessa sexta-feira, 10 de março de 2017, e fica em cartaz até o dia 02 de abril de 2017 na Casa de Cultura Laura Alvim no Rio de Janeiro. Todo final de semana sexta e sábado às 20h e Domingo às 19h. Esse sábado, após o espetáculo, o público será presentado com um bate-papo com o elenco, o diretor e o autor Ronaldo Correia de Brito. Imperdível!

Teatro

Ubu Rei – Marco Nanini estreia esse texto consagrado no Oi Casa Grande hoje a noite comemorando seus 50 anos de carreira e fica em temporada até o dia 30 de abril. Ele divide o palco com a atriz Rosi Campos e a direção é de Daniel Herz.

Cinema 

Papa Francisco: Conquistando Corações –  Com o passar dos anos, o argentino Jorge Mario Bergoglio (Darío Grandinetti) começou sua preparação para ser sacramentado como o Sumo Pontíficie da Igreja Católica, o Papa Francisco. Esta é a história de sua vida.

Fome de Poder –  Após receber uma demanda sem precedentes e notar uma movimentação de consumidores fora do normal, o vendedor de Illinois Ray Kroc (Michael Keaton) adquire uma participação nos negócios da lanchonete dos irmãos Richard e Maurice “Mac” McDonald no sul da Califórnia e, pouco a pouco eliminando os dois da rede, transforma a marca em um gigantesco império alimentício. A história da lanchonete fast food McDonadl’s.

Silêncio –  Dois padres jesuítas portugueses, Sebastião Rodrigues (Andrew Garfield) e Francisco Garupe (Adam Driver), viajam até o Japão em uma época onde o catolicismo foi banido. À procura do mentor deles, padre Ferreira (Liam Neeson) os jesuítas enfrentam a violência e perseguição de um governo que deseja expurgar todas as influências externas.

Shows & Eventos

The Pretty Reckless –  A banda se apresenta no Vivo Rio, dia 09 de março de 2017, às 21:30h. Ingressos ainda disponíveis.

Jorge & Mateus –  A dupla sertaneja vai embalar a noite do Metropolitan no Rio de Janeiro na quinta-feira, 09 de março, a partir das 21:30h. Ingressos disponíveis apenas na bilheteria do local

Emmerson Nogueira –  Conhecido por releituras de músicas de Eric Clapton, Alan Parsons, Stevie Wonder, Michael Jackson, Scorpions e Queen, o cantor faz show esse sábado no Vivo Rio às 22h. Ingressos Disponíveis.

Exposições

Imersões – A exposição “Imersões” abre as portas ao público a partir do dia 07 de março na Casa França Brasil e é um dos pontos altos do circuito de artes plásticas no Rio de Janeiro no momento. Vale a pena conferir de perto!

Abraham Palatnik: A Reinvenção da Pintura – Segue sendo sucesso a exposição no CCBB do Rio de Janeiro. Ela termina em abril e vale a pena conferir e fazer a dobradinha com Entre Nós – A Figura Humana no Acervo do MASP. 

Um fim de semana com uma estreia incrível no teatro, sucessos já consagrados pela crítica no cinema e exposições envolventes e apaixonantes. Ficar em casa vai ser a última opção de todos, não é?

Pesquisas relacionadas