Quotes

Três meses após não ter seu contrato renovado na Globo, Luís Ernesto Lacombe muda de emissora e estreia na apresentação de reality da Band

No último sábado, de acordo com o colunista Daniel Castro, Lacombe assinou contrato com a emissora de São Paulo para assumir a apresentação do “Exathlon Brasil”, que estreia dia 18 de setembro no canal

Publicado em 22 de agosto de 2017 | Por Julia Pimentel

Os bons ventos estão levando Luís Ernesto Lacombe para a República Dominicana. Depois de sair da Globo em maio deste ano porque a emissora não quis renovar seu contrato, agora, o jornalista é funcionário da Band e irá apresentar um novo reality. No último sábado, de acordo com o colunista Daniel Castro, Lacombe assinou contrato com a emissora de São Paulo para assumir a apresentação do “Exathlon Brasil”, que estreia dia 18 de setembro no canal.

No novo formato de reality, produzido por uma produtora da Turquia e inédito no Brasil e na tevê mundial, celebridades esportivas e do universo fitness encaram atletas amadoras em uma disputa de resistência valendo R$ 350 mil. No total, serão 20 competidores que, a cada semana, um deixa o Exathlon Brasil. Durante três semanas, duração do programa, Luís Ernesto Lacombe apresenta a atração direto da República Dominicana, onde será gravada, em duas edições semanais e boletins diários sobre as últimas horas dos participantes.

Luís Ernesto Lacombe agora é contratado da Band e irá assumir um novo reality da emissora (Foto: Divulgação/Globo)

E nesta nova missão, Lacombe não deverá ficar apenas no estúdio no ar-condicionado. Na atração, que começa a ser gravada dia 15, três dias antes da estreia, o jornalista também irá contar dos desafios e entregar recompensas aos competidores. Este retorno quente – ou no mínimo intenso – de Luís Ernesto Lacombe à televisão ocorre três meses depois de o jornalista ter sido desligado da Globo. Com 20 anos de carreira, ele não teve seu contrato renovado com a emissora na qual já havia apresentado o Esporte Espetacular e, por último, o boletim esportivo do “Bom Dia Brasil”.

Em seu passado recente na Globo, a carreira de Lacombe foi marcada pela emoção do jornalista ao noticiar o caso da queda do avião com o time da Chapecoense, no fim do ano passado. No episódio, que é considerado a maior tragédia do cenário esportivo, além dos próprios jogadores e funcionários do clube, jornalistas que iriam cobrir o jogo da Chapecoense na Colômbia também morreram.

Pesquisas relacionadas