Quotes

Caio Castro faz live no Facebook para se desculpar por agressão a fotógrafo no Réveillon: “Foi um episódio horrível, uma idiotice da minha parte”

Caio Castro, que escolheu Trancoso para os últimos dia de 2016, foi expulso de um evento por lá após agredir o fotógrafo André Ligeiro que estava no local

Publicado em 16 de janeiro de 2017 | Por Junior de Paula

Tempos modernos são assim: as pessoas erram na vida real e correm para a internet para pedir desculpas. No caso de Caio Castro, na verdade, ele não foi correndo. Precisou quase 20 dias para que ele se utilizasse das redes sociais para se retratar por um fato que ocorreu às vésperas do Réveillon. Como a gente contou aqui, o ator Caio Castro, que escolheu Trancoso para os últimos dia de 2016, foi expulso de um evento por lá após agredir o fotógrafo André Ligeiro que estava no local. A confusão começou quando Caio chegou acompanhado de uma promoter e vários amigos. Logo na entrada do evento, a responsável pela festa pediu aos fotógrafos que estavam na entrada que não registrassem a noite de folga do ator , de acordo com informações do site Glamurama. Quando André tentou fazer um clique, Caio Castro deu uma cabeçada no fotógrafo, que abriu o supercílio, para impedir a foto. Já nesta segunda-feira, dia 16 de janeiro, 19 dias depois daquele 29 de dezembro fatídico, Caio usou a ferramenta Live do Facebook para falar sobre a agressão e se desculpar.

Caio Castro em Trancoso (Foto: Reprodução)

Caio Castro em Trancoso (Foto: Reprodução)

“Decidimos ir pra Trancoso no ano novo. Eu e muitos amigos. Quem proporcionou esse ano novo foi uma empresa que faz festas no Brasil inteiro e me convidou para passar uma semana em Trancoso. Um certo dia, se não me engano no segundo dia, o dono dessa empresa, que é meu amigo, disse que estava indo para uma outra festa, que não era a empresa dele, era da empresa concorrente. Entrei na festa, cumprimentei os fotógrafos. Deu um minuto, estávamos esperando pegar pulseira, veio um rapaz correndo, levantou a máquina e começou a disparar flash. Olhei pra Valentina, assessora do meu amigo, e disse ‘que isso?’. E na hora ele (fotógrafo) saiu correndo. E eu saí correndo atrás dele. Estava meio nervoso, era uma falta de respeito. A gente pediu gentilmente, cordialmente para não fazer foto. Ele fez a foto e saiu correndo. Por que ele saiu correndo? Por que ele viu que foi pedido que não era pra fazer foto”, explicou Caio.

André Ligeiro, fotógrafo agredido, em sua conta no Instagram (Foto: Reprodução/Instagram)

André Ligeiro, fotógrafo agredido, em sua conta no Instagram (Foto: Reprodução/Instagram)

“E eu acho que estou muito errado de ter machucado o menino. Passei meu ano novo inteiro sem saber como pedir perdão. Não saio de casa pra brigar, não gosto de violência. Acho que violência gera violência e gentileza gera gentileza. Se fosse pedido, a gente conversava sobre fazer a foto. Estou errado? Estou errado pra caralho. Perdi a cabeça. Saí de São Paulo, fui pra Bahia, não fui pra arrumar confusão. Em nove anos de carreira nunca tive problema, nada parecido com isso. Não queriam que eu falasse com ele. Eu fiz questão de pedir na mesma hora porque eu sabia a cagada que estava fazendo quando agredi uma pessoa. Mas não deixaram eu falar com ele. A melhor coisa que fiz foi ter ido embora. No dia seguinte não deixaram eu falar com ele também e decidi deixar o tempo passar”.

Já nos segundos finais da transmissão, Caio, mais uma vez, se desculpa. “Até agora não consegui encontrar com o fotógrafo. Peço desculpas a ele, à família dele, à minha família, aos meus fãs. Terminei 2016 de uma forma que não gostaria de terminar. Se algum profissional do meio se sentiu ofendido, peço desculpa também. Já que isso aconteceu e foi um episódio horrível, uma idiotice da minha parte, alguma coisa boa temos que levar de boa dessa situação, que é respeitar as pessoas, as situações”, finalizou.

Pesquisas relacionadas

  • Lu

    Foi muito bom seu pedido de desculpa, caso não tenha pedido pessoalmente ao profissional faça o que for necessáraio para que isso seja feito, agora não tem nada a ver as pessoas ficarem criticando, porque se ele não tivesse pedido desculpa estavam criticado chamando de estrela, ele assumiu seu erro!!! e tem mais não é porque você é uma pessoa publica que o resto da humanidade pode fazer o que quer, RESPEITE E SERÁ RESPEITADO, ser ator, atriz, cantor não quer dizer que as outras pessoas podem fazer o que quiserem com elas #maisrespeitocomnossosastros!!!!

  • LUIS FERNANDO.

    PESSOAS PÚBLICAS E ARTISTAS EM LOCAIS PÚBLICOS NÃO DEVEM SE NEGAR AOS FÃS E FOTÓGRAFOS PROFISSIONAIS OU AMADORES DE REGISTRAREM SUAS PRESENÇAS. AFINAL DE CONTAS GRAÇAS A ESTAS PESSOAS QUE VOCÊS GANHAM PROJEÇÃO NA PROFISSÃO. QUANDO SÃO AGREDIDAS OU INSULTADAS NÃO ADIANTA VIR NAS REDES SOCIAIS SE DESCULPAREM POIS O MAL JÁ FOI FEITO. (QUEIMOU O FILME). NÃO QUER SER INCOMODADO PELOS PAPARAZZI NÃO VAI PRO PLAY. EU ESTAVA EM TRANCOSO TBM E FICOU MUITO FEIO, AGORA COMEÇA A FAMA DE BAD BOY .

  • mariana

    eu não aceitaria desculpas,até porque demorou muito,certamente o advogado dele o aconselhou a tal fato porque se o fotógrafo resolver processá-lo será ganho de causa.

  • CARLOS

    Sinto muito, Caio…é o preço que se paga por ser uma pessoa pública. Tá certo que os papparazzi são muuuuuuuito chatos! Não justifica o assédio demasiado deles. Mas foi agressão igual! E agora me parece hipócrita posar de bonzinho pedindo desculpas..Não convenceu! Nem um pouco!!!