Quotes

Bárbara Evans estreia na TV protagonizando cenas de sexo selvagem ao lado de Cauã Reymond em “Dois Irmãos”: “É um trabalho sério, de muita concentração”

A modelo e agora atriz será Lívia, a segunda mulher que será disputada entre os gêmeos Omar e Yaqub: "Fico curiosa para saber como as pessoas vão enxergá-la"

Publicado em 12 de janeiro de 2017 | Por Leonardo Rocha

A ansiedade acabou! Bárbara Evans finalmente fará sua estreia na série “Dois Irmãos” – e muito bem acompanhada, por sinal. No capítulo que vai ao ar nesta quinta-feira, a modelo e atriz promete protagonizar duas cenas quentes ao lado de Cauã Reymond, que interpreta os irmãos Yaqub e Omar, na terceira fase da trama. De primeira, Lívia, sua personagem, procura Yaqub no momento em que está indo embora de Manaus para estudar na Universidade de São Paulo (USP). O gêmeo introspectivo e rejeitado pela mãe, segue seus instintos e beija a jovem no jardim da casa. No mato, eles transam com muita voracidade, enquanto a índia Domingas (Silvia Nobre) assiste a tudo escondida.

Bárbara Evans e Cauã Reymond (Foto: Divulgação)

Bárbara Evans e Cauã Reymond (Foto: Divulgação)

Ao HT, Bárbara comentou sobre os desafios de embarcar em um cena desse tipo. Segundo ela, as cenas aconteceram muito naturalmente, já que houve um processo de preparação muito especial. “O que importa ali é o contexto dos personagens. É um trabalho sério, de muita concentração na cena que precisa ser filmada. Ali ninguém está brincando. É tudo muito profissional. É uma arte e quem está na chuva é para se molhar, né?”, frisou, ela comentando a sintonia com o galã global. “Nunca tive a ideia de ser atriz, mas confesso que me encantei. O Cauã me acolheu muito bem, me abraçou real, porque sou nova no assunto, né? Teve paciência, foi amigo e fizemos um trabalho excelente. Ele teve que me ajudar, obviamente, porque não entendia todo o processo. Foi maravilhoso”, ressaltou a moça.

Dois irmãos

Ainda no capítulo de hoje, os dois, já casados, protagonizam uma nova sequência de sexo enquanto tomam espumante. A cena é tão forte que Lívia chega a se apoiar em uma parede durante a transa. Apesar da personagem ser o epicentro de uma nova disputa entre os gêmeos, Bárbara acredita que ela não seja boa e nem má. “A Lívia consegue ser anjo e demônio ao mesmo tempo, é uma mulher muito misteriosa. Por isso, fico curiosa para saber como as pessoas vão enxergá-la. Essa ambiguidade é interessante nela”, disse.

dois_irmaos2

Já Cauã Reymond, tido como um dos atores mais promissores de sua geração, encarou a nudez na esportiva e garantiu que o maior segredo para evitar o constrangimento é se divertir. Truque que aprendeu com Vincent Cassel, o ator francês, quando fez o filme “À Deriva”. “Já fiz tantas cenas desse tipo que vou levando sempre no bom humor e me concentrando. Se não for assim, fica sofrido. Já é tão estranho”, conclui Cauã, que entende a repercussão. “É cultural. Temos curiosidade sobre isso”, disse.

dois_irmaos4

Pesquisas relacionadas