Moda & Beleza

Tipo Ovelha Dolly da moda: sósia de Gisele Bündchen vive no Brasil, é modelo teen e participou de “Chiquititas”, podendo virar atriz!

Linha de produção: sardenta como a original, cabelão, cara de saúde e olhar intenso, Gaby Machado se prepara para seguir os passos da top, de quem quer herdar a simplicidade, e tem o frescor campestre de outros jovens talentos que começaram na tenra idade, como Brooke Shields, Milla Jovovich e Marina Ruy Barbosa. Confira o bate-papo com HT!

Publicado em 24 de dezembro de 2014 | Por Alexandre Schnabl

Quem diria, Gisele Bündchen agora é teen! Como assim? A über model retrocedeu no tempo, aos anos noventa, quando começou a trajetória que a transformaria na modelo mais bem paga da história? Nada disso! HT conversa com a não tão novata assim Gaby Machado, paulista e clone-lolita da maior top model do sistema solar. Confira!

Com apenas 13 anos, Gaby é de Mogi das Cruzes e, se não fosse sua semelhança com Gisele, seria apenas mais uma (boa) aspirante a modelo. Na verdade, não tão aspirante assim, já que trabalha na profissão desde os oito anos e, nesses quase seis de carreira, tem experiência de sobra. “Gosto das coisas normais de uma garota da minha idade. Adoro roupas, mas faço a linha descolada, camiseta, shortinho e rasteirinha. Sou inquieta, curto ficar na companhia das minhas amigas do peito, e já fui até à praia, em Boracéia (no Litoral paulista, divide São Sebastião e Bertioga)”, revela, ainda com muita coisa para descobrir pela frente e apesar da rotina que vai mudando aos poucos. “Estou no nono ano do Fundamental, faço tudo aquilo que alguém da minha idade faz, ué! Ah, me amarro em Katy Perry!”, emenda de supetão, sem que ninguém pergunte, com a sagacidade de geminiana com ascendente, não sabe se em virgem ou em libra.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotos (Divulgação) Tímida na vida real com quem não conhece, mas uma pipoca diante da câmera, ela até lembra a trajetória de outra estrela igualmente sardenta do mundo atual, Marina Ruy Barbosa, que também começou novinha, entre sete e oito anos, igualmente posando para catálogos infantis antes de se tornar atriz. Para quem conheceu Marina criança, ela era bem na dela, cool, diferente da mulher mais segura que se tornou. E o louro-ruivo acobreado é outro traço comum, assim como a beleza forte, bem diferente dos tipinhos louros com olhos azul Xuxa. “Acho ela linda, embora não seja muito ligada em novela. Mas, como ela naquela ‘Amor à Vida’, também jamais cortaria meu cabelo, que eu amo de paixão. Mas não gosto das minhas sardaaaaaas”, confessa, deixando o repórter estupefato, sem saber ainda que, um dia, esse pode virar um de seus maiores trunfos.

Fã da Xuxa:: com talento de adulto, mas com o frescor da idade, Marina dá show aos nove anos, na campanha de verão 04/05 do Bicho Comeu

Fã da Xuxa: com talento de adulto, mas com o frescor da idade, Marina dá show aos nove anos, na campanha de verão 04/05 do Bicho Comeu (Foto: Divulgação)

“Recebia convites para levá-la a agências de modelos desde muito cedo, mas nunca ia”, conta Patrícia (34), mãe da menina, secretária, também natural da mesma cidade e que cria Gaby com o pai, Osvaldo (40) comerciante, junto com o irmão Douglas (15). “Todo mundo da família nasceu por aqui, em Mogi”, conta, revelando que, um dia, topou finalmente acompanhar a garota a um agente, em São Paulo, e que, desde então, a coisa não parou mais.

“Todos os produtores já diziam na época que ela lembrava uma Gisele-pituca, mas agora que está crescendo, a semelhança ficou mais intensa”. A mini top arremata: “Não tem nenhuma outra modelo com quem eu me identifique mais, e não é pelo visual, mas por sua simplicidade. Amo isso!”

Este slideshow necessita de JavaScript.

“No geral, ela faz as coisas que uma criança de cidade pequena faz. Aliás, até demais, já que ela é meio moleca, anda de bike e joga bola”, completa. Adora música, vê pouquíssima televisão e não curte ainda cinema, mas não abre mão das ficar tricotando com Stephanie e Vitória, duas amigas do Colégio Estadual Desembargador Heráclides Batalha de Camargo, no Parque das Varinhas, na cidade do interior paulista.

E, como não podia deixar de ser, a adolescente ama as mídias sociais: “Não saio do whatsapp nem por um decreto. Fico o tempo todo com minha turma”. Sim, entre o Facebook e o Whatsapp, esse último sai na frente e Gaby pertence a essa geração telêmica, com várias telinhas abertas nos smartphones e que vai suceder a Geração Z, mas que ainda não tem nem nome.

Maturidade: Gaby Machado interpreta a top experiente e posa para a capa da revista Babiekins Magazine (Foto: Divulgação)

Maturidade: Gaby Machado interpreta a top experiente e posa para a capa da revista Babiekins Magazine (Foto: Divulgação)

Desde quando começou, foram inúmeras campanhas, duas capas para a Vogue Kids, uma para a Fit, alguns trabalhos para fora, catálogos para marcas infanto-juvenis como a Alphabeto e Love DressHalsey Mendes, empresário da menina – e de outras crianças prodígio, como Carolina Dumani Gabriela Saraiva, do elenco de “Chiquititas”– , dá o pulo do gato: “Comecei a trabalhar com ela há somente dois meses, mas o potencial é enorme. Ela tem um frescor infantil e ao mesmo tempo sério, que lembra muito a seriedade profissional de Brooke Shields em ‘Pretty Baby’ (idem, de Louis Malle, Paramount, 1978). Impressionante como o olhar é profundo, como o dessa atriz que virou ícone nos anos setenta”, força a comparação, torcendo para ela continuar crescendo na altura. “Ela pode ser preparada para virar atriz, se saiu bem na participação que fez em “Chiquititas” e ficou à vontade, na companhia dos ex-coleguinhas que conheceu em castings de modelos e que hoje atuam na novelinha”, revela, se referindo a Mateus Ueta e Larissa Manoela.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotos (Divulgação) Bom, por enquanto, o 1,59m garante a ela trabalho no universo infantil. “Meu pé é 35, mas não sei nem meu manequim”, Gaby entrega a deixa de que ainda tem estrada pela frente. O resto o tempo dirá.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pesquisas relacionadas