Moda & Beleza

Com representantes de todos os continentes, Zero Grau, em Gramado, recebe mais de 100 compradores internacionais e é porta para o produto brasileiro na moda mundial

Entre os dias 20 e 22, a Serra Gaúcha passa a ser o ponto de encontro de produtores, compradores e importadores de calçados e acessórios no evento promovido pela Merkator Feiras e Eventos que é referência no calendário fashion da América Latina. Por lá, centenas de marcas apresentam as apostas do setor e negociam com todos os estados do Brasil e mais 35 países

Publicado em 13 de novembro de 2017 | Por Julia Pimentel

A capital do calçado e acessório é em Gramado! Este é o movimento que a Zero Grau está fazendo entre os players do setor em todo o mundo. Entre os dias 20 e 22, a Serra Gaúcha passa a ser o ponto de encontro de produtores, compradores e importadores de calçados e acessórios no evento promovido pela Merkator Feiras e Eventos que é referência no calendário fashion da América Latina. Por lá, centenas de marcas apresentam as apostas do setor e negociam com todos os estados do Brasil e mais 35 países do mundo.

Isso mesmo. Em Gramado, para a Zero Grau, haverá mais de 100 importadores interessados nos produtos brasileiros para levar para países de todos os continentes. Como parte do projeto da Merkator que atrai importadores para a Serra Gaúcha neste período do ano, esses visitantes ilustres passarão uma interessante temporada no Sul do Brasil para aliar negócios e turismo. Afinal, como parte da estratégia da empresa promotora, a Zero Grau ocorre em um período em que, fora da feira, a cidade é um dos mais lindos cenários das festas de fim de ano. “Este é um projeto consolidado e que cresce a cada edição da Zero Grau. A cada dia, o mercado internacional está mais atento ao produto brasileiro, e o Grupo é uma oportunidade para as empresas estarem nessa vitrine”, comentou Frederico Pletsch, diretor da Merkator.

Para esta edição, já são 117 compradores confirmados de 35 países diferentes (Foto: Henrique Fonseca)

Para esta edição, já são 117 compradores confirmados de 35 países diferentes (Foto: Henrique Fonseca)

Aliás, o crescimento é, de fato, uma constatação importante nas últimas edições do Grupo de Importadores. No ano passado, por exemplo, o número de estrangeiros na Serra Gaúcha era de 90. Em 2017, já são 117 compradores internacionais garantidos. Além da certeza de bons produtos, esses visitantes também contam com uma excelente estrutura promovida pela Merkator. Para os dias de negociações no Sul do Brasil, os estrangeiros têm passagens aéreas e hospedagem sob responsabilidade da empresa promotora do evento.

E eles vêm de todos os continentes. Na Zero Grau, a Merkator garante a pluralidade nos negócios com importadores de países de diferentes culturas e com múltiplas necessidades. “O impressionante nesta edição é a diversidade de países que vão estar conosco. Isto, sobremaneira, aumenta em muito a nossa responsabilidade tanto como anfitriões, mas também como realizadores do evento que promove esta aproximação entre a indústria e o comércio, que deve movimentar a vida de vários cidadãos ao redor do mundo. Além da responsabilidade, nos enche de satisfação e orgulho”, comemorou o diretor da Merkator.

Frederico Pletsch, diretor da Merkator Feiras e Eventos, empresa promotora da Zero Grau (Foto: Dinarci Borges)

No entanto, apesar de representantes de todos os continentes, nossos vizinhos latinos ainda são os principais interessados nos produtos brasileiros. “Uruguai, Bolívia, Colômbia, Equador e outros países da América do Sul são acostumados ao nosso produto. Nesses lugares nossas marcas são conhecidas, e a qualidade do calçado brasileiro é uma referência. A tendência é seguir vendendo bem para eles, e fazer o número de pares crescer a partir do contato direto na feira”, afirmou Frederico que acrescentou: “Temos um grande contingente de compradores da América Latina, um mercado que aprecia muito o produto brasileiro, mas cada vez mais compradores de países mais distantes estão procurando o nosso calçado”.

Atrás dos compradores da América Latina, outro grupo que se destaca entre os estrangeiros na Zero Grau é o asiático. O mercado, que hoje ainda é o que mais cresce no mundo, tem grande representação na feira da Serra Gaúcha e chega a Gramado com importadores de 11 países e 13 empresas. “Os compradores asiáticos buscam produtos de valor agregado, é uma excelente oportunidade para as nossas marcas. Queremos que o empreendedor brasileiro possa exportar para mais países, conhecendo novos mercados, e também aqueles que já vêm exportando possam solidificar parcerias”, ressaltou Frederico Pletsch que, entre estes importadores asiáticos, destacou os compradores dos Emirados Árabes, que terão cinco representantes no evento dos próximos dias.

Movimentação na última edição da Zero Grau (Foto: Henrique Fonseca)

Movimentação na última edição da Zero Grau (Foto: Henrique Fonseca)

Para garantir o sucesso desta visita ao Brasil, a Merkator Feiras e Eventos ainda possui um tratamento especial para estes importadores. Além do cuidado com toda a viagem, a empresa seleciona os fabricantes brasileiros que já terão seu encontro marcado com estes estrangeiros. Este ano, 95 produtores estão garantidos na rota dos importadores. “Em um momento de retomada gradual da nossa economia, é fundamental solidificar as parcerias com o mercado externo, atraindo novos compradores para o produto brasileiro e ampliando a capacidade de nossas marcas em se comunicar com o lojista internacional”, reforçou Frederico Pletsch, diretor da Merkator Feiras e Eventos.

Pesquisas relacionadas