Moda & Beleza

Às vésperas do ano novo, o site HT elege acessórios do Atelier Chilaze para a noite do réveillon e lista os significados e simbolismos das cores para 2018

Do tradicional branco ao roxo, que será a cor de 2018, segundo a Pantone, o arco-íris da moda assinado pela grife ainda tem verde, azul, amarelo e vermelho. Em comum entre as cores, a crença em um novo ciclo com mais alegria e conquistas. Vem com a gente!

Publicado em 29 de dezembro de 2017 | Por Julia Pimentel

Sete ondinhas, uvas, lentilha da virada e tantas outras superstições costumam marcar o fim de ano. Cada um com sua crença ou tradição, a ideia de um ano novo melhor é quase unanime. Entre as estratégias para a noite de réveillon, as cores costumam ser boas aliadas nas energias – até para os que não acreditam muito. Seja na roupa ou nos acessórios, às vezes é bom ter em mente que o branco é sinônimo de paz e o verde de esperança. Por isso, o site HT elegeu alguns acessórios do Atelier Chilaze e seus significados no arco-íris do réveillon para inspirar o ano novo. Ah, e, claro, além das opções mais tradicionais, o roxo, que será a cor de 2018, segundo a Pantone.

  • Branco

Tradicional na noite da virada, o branco é a luz pura do círculo cromático e fonte de uma reflexão de todas as sete cores. Porém, no ano novo, o tom mais claro vai além e é sinônimo de paz e calmaria. Para quem deseja uma trégua nos problemas e discussões, a aposta é mergulhar no branco, mas sem deixar de se destacar na multidão. Por isso, acessórios com formas e mistura de tons e materiais podem ser uma aposta certeira para a noite da virada.

Acessórios brancos do Atelier Chilaze (Foto: Julia Pimentel)

  • Amarelo

Para quem está desejando dinheiro em 2018, esta é a cor da virada. Com sinônimo de riqueza, o amarelo, no entanto, vai um pouco além do sentido financeiro. Esta também é a cor para quem quer vigor e entusiasmo no novo ano que se aproxima. E isso pode estar relacionado às amizades, conquista e otimismo. Ah, e, na tradição, o dinheiro passa a ser uma consequência dessa energia intensificada. Para garantir tudo isso, se o item amarelo do look de réveillon tiver um nó, para não deixar escapar os desejos da virada, ainda mais simbolismo, né?

Colar amarelo do Atelier Chilaze (Foto: Julia Pimentel)

  • Vermelho

Nunca é demais desejar mais amor, certo? Por isso, o vermelho no réveillon, além de traduzir o nobre sentimento, ainda é sinônimo de paixão, desejo e tesão. A intensidade da cor é a justificativa para tantos pedidos acalorados e, de acordo com a astrologia, é a tonalidade que dá força e personalidade para as decisões difíceis.

Colar vermelho do Atelier Chilaze (Foto: Julia Pimentel)

  • Verde

É a cor do trevo e é a promessa de sorte no ano novo. O verde é a cor da virada para aqueles que desejam estabilidade, fertilidade e esperança. Para quem acredita no poder das cores no réveillon, esta é a tradução de toda aquela energia e força que precisamos para os momentos de dúvida e incerteza. Sem esquecer do quesito fashion, no verão carioca, o verde ganha ainda mais vida em tons abertos e vibrantes.

Colar verde do Atelier Chilaze (Foto: Julia Pimentel)

  • Azul

A cor do céu é também a da serenidade e harmonia segundo a astrologia. No ano novo, o azul passa a ser a engrenagem para os pedidos de saúde e tranquilidade particular. A ideia é que, da mesma forma que nos sentimos bem admirando o céu e o mar, tenhamos esta mesma delicadeza usando a cor na noite de réveillon. Em vários tons, o azul passa por diversas energias e, combinados a formas e cores complementares, ainda são sinônimo de personalidade no look.

Acessórios azuis do Atelier Chilaze (Foto: Julia Pimentel)

  • Roxo – a cor do ano

É tradição. Todo fim de ano, a Pantone elege uma cor para simbolizar o novo ciclo que se aproxima e, neste mês, o ultravioleta foi o escolhido. De acordo com a vice-presidente da Pantone, Laurie Pressman, este será o tom de quem quer viver fora da caixa e vencer barreiras em 2018. “A cor evoca a contracultura, a originalidade e o pensamento visionário”, disse a executiva à Associated Press.

Acessórios roxos do Atelier Chilaze (Foto: Julia Pimentel)

Além disso, no réveillon, o roxo ainda simboliza espiritualidade e intuição em sua mistura de azul e vermelho. Ou seja, para a astrologia, e com base no que destacou a Pantone, o roxo é sinônimo de um desejo por transformação e autoconhecimento. É um novo ano, com uma nova fase e objetivos que se aproximam.

Acessórios roxos do Atelier Chilaze (Foto: Julia Pimentel)

Onde achar?

Atelier Chilaze
Instagram: @atelierchilaze
Endereço: Rua Senhor dos Passos, 197 – Centro, Rio de Janeiro

Pesquisas relacionadas